Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3551
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_JeldsonGuedesdeOliveira.pdf686,81 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Causas de sofrimento humano no trabalho em uma organização pública federal : uma análise comparativa entre servidores efetivos e terceirizados
Autor(es): Oliveira, Jeldson Guedes de
Orientador(es): Siqueira, Marcus Vinícius Soares
Assunto: Trabalho - aspectos psicológicos
Satisfação no trabalho
Serviço público - administração de pessoal
Psicodinâmica do trabalho
Data de apresentação: 6-Dez-2011
Data de publicação: 23-Mai-2012
Referência: OLIVEIRA, Jeldson Guedes de. Causas de sofrimento humano no trabalho em uma organização pública federal: uma análise comparativa entre servidores efetivos e terceirizados. 2011. 89 f. Monografia (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: A presente pesquisa tem como principal objetivo analisar quais são as causas de sofrimento humano no trabalho em uma organização pública federal, fazendo uma análise comparativa entre servidores efetivos e terceirizados. Tem como objetivos específicos caracterizar as fontes de sofrimento no trabalho e qual o impacto desse sofrimento sobre os servidores e terceirizados, no nível pessoal, psicológico e laboral e verificar a existência de estratégias de defesas e ações preventivas que possam amenizar o sofrimento humano no trabalho. A revisão bibliográfica evidenciou: o contexto atual do mercado de trabalho, as condições de trabalho no atual contexto, o papel que as organizações assumem na vida dos indivíduos, a gestão atual na administração pública, as mudanças decorrentes da implantação do modelo gerencial nos anos 1990 em função da necessidade da modernização do Estado e as causas de sofrimento no trabalho e estratégias de defesa contra esse sofrimento. A pesquisa foi realizada com 12 pessoas, sendo 06 servidores e 06 terceirizados, todos pertencentes ao quadro da organização pública federal, sediada no Distrito Federal, mediante entrevistas individuais semi-estruturadas, tendo o objetivo de identificar vivencias e fatores de sofrimento, além de estratégias de defesas utilizadas para amenizar esse sofrimento. Foram identificadas diferenças nos indicadores de prazer e sofrimento entre servidores e terceirizados, emoções positivas e negativas com relação ao trabalho, falta de gestão e pressão por resultados, boas relações de trabalho e relações pessoais, discriminação para com os terceirizados, além dos danos e conseqüências do sofrimento relacionadas ao trabalho e as estratégias de defesas para lidar com o sofrimento. A pesquisa poderá contribuir para a discussão de questões relativas ao sofrimento no trabalho no setor público, analisando a diferença de sofrimento vivenciada entre servidores e terceirizados, provocando um novo olhar da organização sobre seus empregados, em especial sobre políticas de gestão de pessoas. Concluindo, a pesquisa pôde apontar que o sofrimento no trabalho é gerado pela forma com que as pessoas organizam o trabalho, sendo que o trabalho por si só não gera sofrimento, o que ocorre são diferenças de interesses pessoais e organizacionais, gerando conflitos e posteriormente sofrimento.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2011.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons