Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3509
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_EmanuelSeixasFernandes.pdf242,98 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Discurso organizacional e a relação indivíduo-empresa no cinema contemporâneo
Autor(es): Fernandes, Emanuel Seixas
Orientador(es): Siqueira, Marcus Vinícius Soares
Assunto: Discurso organizacional
Relações trabalhistas
Cinema
Data de apresentação: 23-Nov-2011
Data de publicação: 15-Mai-2012
Referência: FERNANDES, Emanuel Seixas. Discurso organizacional e a relação indivíduo-empresa no cinema contemporâneo. 2011. 88 f. Monografia (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: Este estudo identifica como o discurso organizacional e a relação indivíduo-empresa estão reproduzidos no cinema contemporâneo. A pesquisa está fundamentada na análise sócio-histórica das relações de trabalho e nos conceitos de imaginário, discurso organizacional, racionalidade instrumental e lógica financeira. Para isso, foi realizado um estudo exploratório-descritivo, sendo os dados coletados pelo método qualitativo, por meio da observação de 14 filmes selecionados entre os anos 1990 e 2010. Os dados foram analisados utilizando-se a análise de discurso cumulada com a análise de conteúdo. Como resultado da pesquisa, foi identificado como o cinema contemporâneo reproduz o discurso organizacional, por meio da construção de seis categoriais: a racionalidade instrumental no reino do dinheiro; “business is war!”; a outra face do discurso; quem sou eu?; o ativo mais importante do mundo; e a moral burguesa. As principais conclusões foram que o cinema foi capaz de absorver a realidade descrita nos estudos organizacionais críticos, inclusive fazendo críticas próprias, abrindo grandes possibilidades para futuras pesquisas, utilizando a arte cinematográfica como fonte de pesquisa.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2011.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons