Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3408
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_DanielleFreitasHenderson.pdf2,75 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Permacultura : as técnicas, o espaço, a natureza e o homem
Autor(es): Henderson, Danielle Freitas
Orientador(es): Sautchuk, Carlos Emanuel
Assunto: Permacultura
Desenvolvimento sustentável
Ecologia humana
Data de apresentação: 2012
Data de publicação: 27-Abr-2012
Referência: HENDERSON, Danielle Freitas. Permacultura: as técnicas, o espaço, a natureza e o homem. 2012. 87 f., il. Monografia (Bacharelado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: A permacultura se caracteriza como uma ciência que tem como base as práticas “culturais” tradicionais, indígenas e ancestrais em relação às plantas e aos animais. O presente trabalho visa descrever a permacultura, mais especificamente a permacultura praticada no Distrito Federal e entorno, com as observações de campo feitas em suas principais localidades. Bem como, apresentar como um sítio permacultural é planejado através de um desenho dinâmico, ou design permacultural. Os objetivos do trabalho se resumem em refletir sobre em que medida organização do espaço - físico e temporal - da Permacultura pode interferir nas relações sociais e na composição do ser humano (percorendo do concreto ao abstrato) e, assim transparecer que as atividades e as técnicas possuem um caráter extremamente relevante para a organização do social e da pessoa em um ambiente permacultual, e também de repensar sobre a posição da permacultura dentro do discurso moderno ambientalista. Desta forma entende-se que a permacultura se caracteriza pela complementação de dois pares ditos “opostos”: a engenharia e a bricolagem (ciência e experimentação tradicional). Além disso, apresentar a permacultura como uma nova ideologia/utopia, um ambientalismo moderno com bases no passado e no futuro, simultaneamente.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, 2012.
Aparece na Coleção:Ciências Sociais - Antropologia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons