Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/2715
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_RaimundoNonatodaSilva.pdf344,33 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Gestão responsável dos residuos sólidos das empresas de construção civil do Distrito Federal
Autor(es): Silva, Raimundo Nonato da
Orientador(es): Létti, Mariana Marlière
Assunto: Sustentabilidade
Construção civil
Responsabilidade social
Data de apresentação: 2011
Data de publicação: 2-Fev-2012
Referência: SILVA, Raimundo Nonato da. Gestão responsavel dos residuos sólidos das empresas de construção civil do Distrito Federal. 2011. 55 f. Monografia (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: A Gestão responsável dos resíduos sólidos está diretamente relacionada à percepção da sustentabilidade das empresas e ao diferencial de competitividade entre elas. Cada vez mais as empresas passam a se reestruturar para se adequarem a essa nova percepção. As pressões sociais e restrições impostas fazem com que as empresas sejam forçadas a buscar formas de reduzir o impacto ambiental e adotar ações que demonstrem sua preocupação com a responsabilidade social. Este estudo, que envolve três empresas da indústria da construção civil do Distrito Federal, faz-se uma análise com vistas a identificar e analisar as práticas adotadas pelas empresas para a gestão dos resíduos sólidos. Devido a complexidade a análise foi efetuada sob três dimensões: A Gestão Socioambiental, Gestão Econômica e Gestão Fiscal. Na Gestão Socioambiental foram analisadas as ações de responsabilidade socioambiental praticadas pelas empresas, a composição dos resíduos sólidos e o tratamento aplicado a esses resíduos sólidos. Na Gestão Econômica foram estudadas a destinação, a reutilização ou a reciclagem dos resíduos por elas gerados, além do estudo da viabilidade econômica de material recicláveis e o resultado contabilizado com a prática de ações de responsabilidade socioambiental. Na Gestão Fiscal foram levantadas o conhecimento das empresas quanto às leis de preservação ambiental e o benefício que estas leis podem trazer para as empresas. O trabalho de campo envolveu entrevistas semi-estruturadas com as instituições focadas como público alvo. O resultado das entrevistas de campo foi submetido à técnica de Análise de Conteúdo e, ao final conclui-se que as empresas preferem o sistema Just-in-time, gerando o mínimo possível de resíduos sólidos, não demonstrados interesse em pesquisar a reutilização e nem conhecem benefícios fiscais.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2011.
Curso de Graduação de Administração à Distância.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons