Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/23148
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_GabrielaMoutinhoAlves_tcc.pdf395,5 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Reflexões acerca da prevalência do Transtorno Global do Desenvolvimento na Secretaria de Educação do Distrito Federal
Autor(es): Alves, Gabriela Moutinho
Orientador(es): Celeste, Letícia Correa
Assunto: Autismo em crianças
Estudantes com necessidades educativas especiais
Educação especial
Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD)
Data de apresentação: 4-Jul-2018
Data de publicação: 13-Fev-2020
Referência: ALVES, Gabriela Moutinho. Reflexões acerca da prevalência do Transtorno Global do Desenvolvimento na Secretaria de Educação do Distrito Federal. 2018. 26 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Fonoaudiologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A versão mais recente do manual diagnóstico e estatístico das perturbações mentais - DSM-V alterou a nomenclatura de Transtornos Globais do Desenvolvimento e comtemplou a maioria dos transtornos no Transtorno do Espectro Autista, entretanto, para as crianças serem matriculadas na Educação Especial das escolas públicas Distrito Federal necessita-se de um CID que ainda utiliza a nomenclatura Transtornos Globais do Desenvolvimento. O objetivo desse estudo é identificar se existe um aumento no número de matrículas de crianças com Transtorno Global do Desenvolvimento na Secretaria de Educação do Distrito Federal e, caso exista, discutir sobre as possíveis causas para isso estar ocorrendo. Foi realizada uma análise comparativa e descritiva das tabelas referentes à educação infantil, ensino fundamental e educação especial do censo escolar do Distrito Federal nos períodos de 2012 a 2017. Foi identificado que ocorreu um aumento de 104,67% nas matrículas de crianças com Transtorno Global do Desenvolvimento de 2012 a 2017. Ainda não é possível justificar completamente o aumento do número de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista na população, mas o aumento dos critérios diagnósticos e a ampliação do conhecimento a respeito desse transtorno pela população em geral explicam em parte esse crescimento.
Abstract: The most recent version of the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders - DSM-V has changed the nomenclature of Global Developmental Disorders and has addressed most of the disorders in Autistic Spectrum Disorder, however, for children enrolled in Special Education in the public schools of District Federal needs a CID that still uses the nomenclature Global Developmental Disorders. The objective of this study is to identify if there is an increase in the enrollment of children with Secretary of Education of Federal District, and if it exists, to discuss the possible causes for this to occur. A comparative and descriptive analysis of the tables related to early childhood education, elementary education and special education of the school census of the Federal District was carried out from 2012 to 2017. It was identified that there was a 104.67% increase in registrations of children with Developmental Disorder from 2012 to 2017. It is not yet possible to fully justify the increase in the number of children diagnosed with Autism Spectrum Disorder in the population, but the increase in diagnostic criteria and the increase of knowledge about this disorder by the general population partially explain this increase.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2018.
Aparece na Coleção:Fonoaudiologia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons