Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22916
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_ClaudiaDayanneFeitosaMoraes_tcc.pdf2,2 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Conceitos de resiliência aplicados ao atual conhecimento sobre a área do aterro controlado no Jóquei Clube de Brasília
Autor(es): Moraes, Cláudia Dayanne Feitosa
Orientador(es): Cunha, Luciano Soares da
Assunto: Resíduos sólidos
Metais pesados
Aterro sanitário
Data de apresentação: 16-Dez-2016
Data de publicação: 14-Jan-2020
Referência: MORAES, Cláudia Dayanne Feitosa. Conceitos de resiliência aplicados ao atual conhecimento sobre a área do aterro controlado no Jóquei Clube de Brasília. 2016. 66 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Ambientais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O presente trabalho possui como área de estudo o Aterro Controlado do Jóquei Clube de Brasília (JCB), localizado na cidade Estrutural e limiar a uma Unidade de Conservação, assim como a outras importantes áreas ambientais. Com a Lei 12.305/2010, as formas mais comuns de disposição adotadas no país, os depósitos a céu aberto (lixão) e os aterros controlados, deverão, obrigatoriamente, ser desativadas, adotando-se o uso de Aterro Sanitário como destino final somente rejeitos. A disposição incorreta dos resíduos sólidos em lixões e aterros controlados acarreta em diversos problemas ambientais. Os componentes dos resíduos depositados interferem no grau de toxicidade de contaminação, dentre esses elementos estão os metais pesados, compostos orgânicos e gases tóxicos. Tais contaminantes são difíceis de serem tratados devido ao longo período de disposição dos resíduos, que interfere na característica do contaminante e a sua mobilidade. Existem resíduos soterrados há 50 anos que possivelmente ainda estão em sua vida ativa, eliminando metais pesados que em contato com águas pluviais, percolando pelo solo, assim como os resíduos depositados recentemente na área. O mesmo vale para os gases. Esta dificuldade de tratamento, e a não preparação da área para receber tamanho impacto implica diretamente no ciclo adaptativo e panarquia da resiliência. Com o auxílio de revisão da literatura buscou-se definir uma conceituação de resiliência para áreas degradadas por resíduos sólidos urbanos e estimar se após a desativação do Aterro Controlado do JCB, a área ainda será resiliente diante à degradação ambiental sofrida nos mais de 50 anos de utilização.
Abstract: The present work has as study area of the landfilling of the Jockey Club of Brasilia, located in the Estrutural city and is threshold to the National Park of Brasilia. Presenting the forms commonly used for disposal of municipal solid waste in the country, as well as the legal form stipulated by the National Solid Waste Policy. With the law 12.305/2010, the most common forms of provision adopted in the country, the outlets of sky open and the controlled landfills, are obliged to be disabled and should be adopted the use of sanitary landfill as a new allocation of municipal solid waste. The poor disposal of solid waste comes in various environmental problems, through their contaminants. The components of the waste affect the degree of toxicity of contamination, among these elements is the heavy metals. Metals such that in addition to characteristics of the environment, can leach by soil, and components of the manure, may reach groundwater aquifers and causing impacts where leaching; and at the same time as the manure are also present in toxic gases formed in the mountain of solid waste, known as biogas. Such contaminants are difficult to be treated due to long time of disposal of waste, which interferes with the characteristic of the contaminant, and their mobility. Therefore, there is residue buried 50 years ago that possibly is still in your active life, eliminating heavy metals in contact with rainwater, leaching into the soil, as well as the waste deposited in the area. The same is for the gases. This difficulty of treatment, and not preparing the area to receive size impact directly implies in the resilience cycle. Through literature review sought to estimate if after disabling the landfilling of JCB, the area still be resilient in the face of environmental degradation suffered in more than 50 years of use.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Química, Faculdade de Administração, Contabilidade, Economia, Departamento de Economia, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2016.
Aparece na Coleção:Ciências Ambientais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons