Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22911
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_PauloHenriqueMoraesVieira_tcc.pdf1,92 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Percepção ambiental dos frequentadores do Parque Ecológico de Águas Claras-DF
Autor(es): Vieira, Paulo Henrique Moraes
Orientador(es): Ibañez, Maria do Socorro Rodrigues
Assunto: Parques urbanos
Consciência ambiental
Parque Ecológico Águas Claras (DF)
Data de apresentação: 3-Mar-2017
Data de publicação: 14-Jan-2020
Referência: VIEIRA, Paulo Henrique Moraes. Percepção ambiental dos frequentadores do Parque Ecológico de Águas Claras-DF. 2017. 39 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Ambientais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Os parques urbanos são áreas verdes que se encontram dentro das cidades exercendo diversas funções para a população. A presente pesquisa tem como objetivo geral compreender a percepção ambiental e o perfil sócio demográfico dos frequentadores do Parque Ecológico de Águas Claras - DF e tem como objetivos específicos: identificar os problemas presentes no parque; propor medidas para melhorar a vivência dos frequentadores na sua visitação; avaliar se o parque está exercendo suas funções: educativa, social, psicológica, ecológica e estética. Como metodologia, foi utilizado o questionário de forma online com perguntas abertas e fechadas. As questões fechadas foram analisadas a partir da ferramenta Microsoft Excel, materializada na produção dos gráficos, ao passo que para as perguntas discursivas a categorização foi utilizada. Participaram 80 pessoas, sendo 53 mulheres e 24 homens. Os aspectos positivos e negativos identificados revelam as percepções ambientais dos frequentadores. O parque apresentou boa estrutura para a prática de atividade física, bem como a conservação da natureza, exercendo as funções a que foi destinado. Os frequentadores expressaram a importância dos parques urbanos para as cidades, mas apontaram como principal problema a ausência da conscientização ambiental de alguns usuários, evidenciada pelo mal-uso do parque. Outros aspectos encontrados foram as falhas relacionadas à segurança, principalmente na deficiência de iluminação pública em alguns locais no interior do parque e a inexistência de uma pista exclusiva para ciclista. Conclui-se que mesmo com a presença do Centro de Educação Ambiental, alguns frequentadores não recebem informações para a preservação do parque, apresentando um desconhecimento dos seus programas, mas apontam sugestões abordando o referido problema.
Abstract: The urban parks are green areas that are within the cities exerting diverse functions for the population. The present research has as general objective to understand the environmental perception and socio demographic profile of the visitors of the Ecological Park of Águas Claras - DF and its specific objectives: to identify the problems present in the park; propose measures to improve the experience of visitors during their visitation; asses whether the park is performing its functions: educational, social, psychological, ecological and aesthetic. As a methodology, the questionnaire was used online with open and closed questions. The closed questions were analyzed from the Microsoft Excel tool, materialized in the production of the graphs. For the discursive questions were used the categorization. 80 people participated, being 53 women and 24 men. The positives and negatives aspects identified reveal the environmental perceptions as regulars. The park presented a good structure for the practice of physical activity, as well as the conservation of the nature exercising the functions according to its purpose. The regulators expressed the importance of urban parks to cities, but pointed out as the main problem the absence of environmental awareness of some users, demonstrated by the misuse of the park. Other aspects were safety related failures, mainly in the lack of public lighting in some places inside the park and the inexistence of an exclusive track for cyclists. It is concluded that even with the presence of the Environmental Education Center, some visitors do not receive information for the preservation of the park, presenting an unfamiliarity of their programs, but suggest suggestions addressing this problem.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Química, Faculdade de Administração, Contabilidade, Economia, Departamento de Economia, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2017.
Aparece na Coleção:Ciências Ambientais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons