Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22836
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_AriaRitaPires_tcc.pdf4,84 MBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorAbreu, Delmary Vasconcelos de-
dc.contributor.authorPires, Aria Rita-
dc.identifier.citationPIRES, Aria Rita. Pedagogia musical historicamente informada: propostas para uma educação adequada à interpretação de música antiga. 2019. 87 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Música)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, 2019.pt_BR
dc.description.abstractA educação aparece como uma preocupação central nos tratados europeus sobre música do Renascimento e Barroco. Ironicamente, a pesquisa em pedagogia musical é uma lacuna no movimento da Música Antiga. Ainda são raras as pesquisas, cursos de formação e publicações que investigam as especificidades do ensino atual de instrumento e interpretação musical inspirada no período. O objetivo desse trabalho foi demostrar a possibilidade de exercer uma metodologia pedagógica que seja tão historicamente adequada quanto os instrumentos e o estilo interpretativo que é adotado hoje pelo movimento da Música Antiga. Para isso, analisaram-se fontes primárias e secundárias acerca da pedagogia musical do período, bem como entrevistas feitas com dois especialistas em pedagogia de Música Antiga. Identificaram se quatro princípios fundamentais para a prática docente de música histórica: transversalidade, imitação, memorização e improvisação.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subject.keywordMúsica antigapt_BR
dc.subject.keywordMúsica - instrução e estudopt_BR
dc.subject.keywordPrática musicalpt_BR
dc.titlePedagogia musical historicamente informada : propostas para uma educação adequada à interpretação de música antigapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Licenciaturapt_BR
dc.date.accessioned2019-12-03T14:47:58Z-
dc.date.available2019-12-03T14:47:58Z-
dc.date.submitted2019-06-27-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/22836-
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.description.abstract1The education is a central concern in European treatises about music during Renaissance and Baroque eras. Ironically, research on music pedagogy is a gap on the Early Music movement. Research, training courses and publications that investigate the specificities of the present-day teaching of period instruments and performance practice are still rare. This paper’s goal is to demonstrate the possibility of exerting a pedagogic methodology that is as historically informed as the instruments and the performance style that have been adopted by the Early Music movement today. For that purpose, primary and secondary sources about period music pedagogy have been analyzed, as well as interviews with two specialists on Early Music pedagogy. Four fundamental principles for teaching historical music have been identified: transversality, imitation, memorization and improvisation.pt_BR
Aparece na Coleção:Música



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons