Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22751
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_PhelipeMarquesRocha_tcc.pdf472,59 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Jogo e cultura : do conceito à aplicação
Autor(es): Rocha, Phelipe Marques
Orientador(es): Ribeiro, Leonardo Lamas Leandro
Assunto: Atividades lúdicas
Jogos
Brincadeiras
Cultura popular
Data de apresentação: 29-Jun-2016
Data de publicação: 21-Nov-2019
Referência: ROCHA, Phelipe Marques. Jogo e cultura: do conceito à aplicação. 2016. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O jogo, para além do seu escopo de simples diversão, é um tema que vem sendo progressivamente alvo de estudos relativos a suas outras influências sociais. Estudar o jogo, bem como suas relações permite utilizá-lo em todo seu potencial. Entre essas relações do jogo, uma das mais incisivas influências é a da cultura. A cultura fornece subsídios para as manifestações do jogo que, por sua vez, denota e demonstra traços referentes à cultura a qual está inserido. Portanto, existe mútua dependência entre ambos. Assim, os jogos, especialmente os tradicionais, são uma das características mais notáveis de determinada cultura. Nesse sentido, os jogos tradicionais são um potencial elemento de difusão cultural na medida em que são repassados. Além disso, sendo o jogo a manifestação de desejos e necessidades do homem, o brincar, em especial com jogos de rua, pode ser também utilizado como mecanismo de estreitamento de laços sociais. Sendo assim, este estudo objetiva, através de uma revisão bibliográfica, demonstrar o potencial do jogo como mecanismo de difusão cultural. Ainda, é objetivo deste estudo, demonstrar o potencial do jogo como ferramenta de agregação e estreitamento sociais, através da apresentação de um protocolo de intervenção com o brincar em praça pública. A partir da revisão, concluiu-se que a relação entre jogo e cultura é, de fato, bem estreita e isso mostra o quanto o jogo pode contribuir para o movimento de repasse cultural. Por fim, através da apresentação de um protocolo com o brincar em praça pública, como evento denominado Comunidade Brincante, sugeriu-se que utilizar o jogo como instrumento de promoção de integração social pode ser eficaz. Nesse sentido, os jogos tradicionais, em especial, os jogos de ruas, podem ser excelentes aliados na difusão cultural bem como na integração e empoderamento comunitário.
Abstract: A game, besides its scope of purely pleasure as leisure, has been investigated considering several other social implications. To study the phenomenon of play and all its relations allows to conceive it in all its potential. A main interface of the game subject is with culture. Culture imposes elements that models the game and, on the other hand, is also influenced by it, indicating a reciprocity and dependency. Among the games, the traditional ones are a notable example of the culture influence in the universe of play. They constitute a great possibility of cultural diffusion. Besides that, as the play is a manifestation of a genuine pulse of human beings, traditional and other games can be used as a powerful tool to connect people. Thus, the aim of this study was to present the power of games to promote community transformations trough a review of literature. Finally, we propose an approach to the play in public places, systematized in a event protocol called Comunidade Brincante.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2016.
Aparece na Coleção:Educação Física



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons