Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22282
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_MariaCarreiroChavesPereira_tcc.pdf775,65 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Um lugar para Maria Bonita na Cidade das Damas
Autor(es): Pereira, Maria Carreiro Chaves
Orientador(es): Wuensch, Ana Mirian
Assunto: Mulheres filósofas
Pizan, Christine de, 1363-1430
Cangaceiros
Data de apresentação: 9-Jul-2018
Data de publicação: 12-Jul-2019
Referência: PEREIRA, Maria Carreiro Chaves. Um lugar para Maria Bonita na Cidade das Damas. 2018. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Filosofia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Esta monografia é, em seu todo, uma homenagem à Maria Bonita, a quem se vai conhecendo ao longo do trabalho, o qual, pouco a pouco, a situa dentro da Cidade das damas, obra de Christine de Pizan. Para tanto, o estudo está dividido em dois capítulos. O capítulo 1 apresen-ta a filósofa e pensadora Christine de Pizan: quem foi, e qual a finalidade da construção da Cidade das damas. Tratamos sobre a construção literária da Cidade e a quem era destinada, ou seja, suas habitantes. Assim, verificamos o modo de seleção das mulheres habitantes e de seu governo. O capítulo 2 discorre sobre quem foi Maria Bonita. Contamos o que foi o movi-mento denominado "cangaço" e os motivos que fizeram com que esse movimento ocorresse. Por isso, também se fala sobre Lampião, tratando de contar como se deu o encontro entre ele e Maria Bonita e o modo como ocorreu a morte de ambos. Examinamos as virtudes de Maria Bonita, especialmente a coragem, para justificar sua eleição como uma das mulheres a receber abrigo na Cidade das damas, recordando, desta forma, a sua existência e homenageando-a.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia, 2018.
Aparece na Coleção:Filosofia - Graduação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons