Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22209
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_BernardoBergaCalixto_tcc.pdf5,88 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Análise morfométrica das bacias hidrográficas delimitadas a partir de imagens SRTM da área metropolitana de Brasília – AMB : planejamento urbano
Outros títulos: Morphometric analysis of basins outlined from SRTM images the Brasilian Metropolitan Area - BMA
Autor(es): Calixto, Bernardo Berga
Orientador(es): Teza, Clausio Tavares Viana
Coorientador(es): Baptista, Gustavo Macedo de Mello
Assunto: Bacias hidrográficas
Data de apresentação: Fev-2015
Data de publicação: 24-Jun-2019
Referência: CALIXTO, Bernardo Berga. Análise morfométrica das bacias hidrográficas delimitadas a partir de imagens SRTM da área metropolitana de Brasília – AMB: planejamento urbano. 2015. 18 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Geoprocessamento Ambiental)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O objetivo desse estudo foi a caracterização, em nível de planejamento estratégico, das bacias hidrográficas da Área Metropolitana de Brasília – AMB, extraídas automaticamente com o uso do programa ArcGis 9.3, a partir de imagens SRTM disponibilizadas pelo projeto Relevo Brasil da Embrapa. Diante das 11 bacias delineadas, a AMB não se mostra, de maneira geral, propensa à enchentes, picos de vazão ou severos processos erosivos. Os parâmetros morfométricos calculados para as 11 bacias sugerem pobres drenagens, com valores abaixo de 0,5 km/km2 para todas elas. Os formatos tendem a ser alongados e não circulares, com valores médios de Fator de forma (F) igual a 0,46 e de Coeficiente de Compacidade (Kc) e Índice de circularidade (Ic) iguais a 1,62 e 0,40, respectivamente. Os gradientes dos rios principais (Gp) se mantiveram com valores baixos, afastando alta tendência de carreamento de partículas, embora as curvas hipsométricas tragam uma analises pormenorizadas, demonstrando uma maior disposição ao erosivo às bacias cinco, seis e sete. Por meio de comparação analítica, entre as 11 bacias delineadas e o Plano de Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos do Distrito Federal – DF, verifica-se coerência com a base cartográfica do Governo do Distrito Federal - GDF.
Abstract: The aim of this study was to characterize, in strategic planning level, watershed of the Brasilian Metropolitan Area - AMB automatically extracted using the ArcGIS 9.3 program, from SRTM images provided by the project Brazil Relief of Embrapa. Given the 11 delineated basins, the BMA does not appear, in general, likely will flood, flow peaks or severe erosion. Morphometric parameters calculated for the 11 suggest poor drainage basins, with values below 0,5 km / km2 for all of them. The formats tend to be elongated and not circular, with average values of Form factor (F) equal to 0,46 and Compactness coefficient (Kc) and Circularity index (Ic) equal to 1,62 and 0,40, respectively. The gradients of the main rivers (Gp) remained at low values, away from high possibility of particle entrainment, although the hypsometric curves bring one detailed analysis, demonstrating the trend towards greater erosion at five, six and seven basins. Through analytical comparison between the 11 delineated basins and the Integrated Management Plan for Water Resources of the Federal District - DF, consistency is verified with the basemap Government of the Federal District - GFD.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2015.
Informações de Acesso e Conteúdo: Autorização concedida pelo chefe do Instituto de Geociências para disponibilização na Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM).
Aparece na Coleção:Geoprocessamento Ambiental



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.