Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/21392
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_FernandaBraga_LeticiaCorreia_tcc.pdf371,61 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Avaliação do desempenho do salto vertical após dois protocolos de aquecimento em praticantes de rugby sevens
Autor(es): Braga, Fernanda Bueno
Correia, Letícia Moutinho
Orientador(es): Russomanno, Tiago Guedes
Coorientador(es): Lopes, Guilherme Henrique
Assunto: Exercícios físicos
Data de apresentação: 10-Jul-2018
Data de publicação: 13-Fev-2019
Referência: BRAGA, Fernanda Bueno; CORREIA, Letícia Moutinho. Avaliação do desempenho do salto vertical após dois protocolos de aquecimento em praticantes de rugby sevens. 2018. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O rugby sevens é caracterizado por jogos rápidos e intensos exigindo grande demanda de potência dos membros inferiores. A melhora no desempenho provocada pela realização de exercícios de força é chamada de potencialização. O objetivo do estudo foi comparar o desempenho do salto vertical entre dois protocolos de aquecimento: o protocolo sugerido pela World Rugby e o protocolo realizado pela seleção Brasileira feminina de rugby sevens. Para verificar a altura do salto contra-movimento (CMJ) foi utilizado o tapete de contato S2 Elite Jump. Participaram dez atletas de rugby sevens, divididos em dois grupos que realizaram ambos os protocolos em dois dias diferentes, de forma alternada e aleatorizada. A análise dos dados revelou que o tamanho do efeito no desempenho do salto foi “pequeno” para ambos os grupos. No entanto, a análise individual demonstrou atletas que respondem melhor a um protocolo que ao outro. Assim, sugere-se que a escolha do protocolo de aquecimento deve respeitar características individuais de cada atleta para melhor desempenho nos jogos e treinos.
Abstract: The rugby sevens is characterized by fast and intense matches demanding great demand of power of the lower limbs. The improvement in performance caused by the execution of strength exercises is called potentialization. The aim of this study was to compare the vertical jump perfomance between two warm-up protocols: the protocol suggested by World Rugby and the protocol performed by Brazilian women's rugby sevens team. To evaluate the height of the counter-movement jump (CMJ) the S2 Elite Jump contact mat was used. Ten rugby sevens athletes participated, divided in two groups that performed both protocols on two different days, alternately and randomly. Data analysis revealed that the effect size for the CMJ jumps after both protocols was detected as "small". However, an individual analysis has shown that one protocol is better than another. Thus, it is suggested to choose the warm-up protocol respecting individual characteristics for better performance in games and training.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2018.
Aparece na Coleção:Educação Física



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons