Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/21294
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_JuliaDeAlmeidaLima_tcc.pdf706,08 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Desordens de eliminação em felinos : revisão de literatura
Autor(es): Lima, Julia de Almeida
Orientador(es): Martins, Christine Souza
Assunto: Animais - comportamento
Gato - criação
Data de apresentação: Jul-2018
Data de publicação: 30-Jan-2019
Referência: LIMA, Julia de Almeida. Desordens de eliminação em felinos: revisão de literatura. 2018. 43 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Desordem de eliminação é o termo utilizado para se referir ao comportamento de urinar ou defecar em locais considerados inapropriados sendo o problema comportamental mais frequentemente relatado nos pacientes felinos. Desordens físicas e comportamentais podem ser a origem do distúrbio de eliminação bem como podem haver causas concomitantes. Entre as desordens físicas, destaca-se a cistite idiopática felina por sua alta prevalência em animais com eliminação inapropriada de urina. Outras causas físicas incluem osteoartrite, síndrome da disfunção cognitiva, incontinência fecal e urinária, diarreia e constipação. Já entre as desordens comportamentais, a marcação é a desordem mais frequente. Além desta, problemas no manejo da bandeja sanitária, aversão do animal por características da bandeja ou do substrato utilizado e distúrbios de ansiedade podem resultar na ocorrência de desordens de eliminação. O estresse aparece como um fator comum em diversas destas desordens ressaltando a importância de uma orientação apropriada ao tutor acerca das necessidades e do comportamento normal dos gatos para prevenção deste problema. Esta revisão de literatura tem como objetivo descrever as principais causas da eliminação em local inapropriado bem como seus respectivos tratamentos e manejos.
Abstract: House-soiling is the term to address the behavior of urinating or defecating in places considered inappropriate, being the behavioral issue most frequently reported in feline patients. Physical and behavioral disorders may be the origin to house-soiling just as different causes may coexist. Among the physical disorders, the feline idiopathic cystitis stands out as a highly prevalent disease in animals presenting inappropriate elimination. Other physical causes include osteoarthritis, cognitive dysfunction syndrome, fecal and urinary incontinence, diarrhea, and constipation. On the other hand, among the behavioral causes, marking is the most frequent disorder. Besides marking, incorrect management of the litter box, litter box or cat litter aversion, and anxiety disorders might result in house-soiling. The stress appears as a common factor in many of these disorders, highlighting the importance of proper orientation concerning cat’s normal behavior and necessities to the care-taker. This literature review aims to describe the most common causes of house-soiling as well their respective treatments and management.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2018.
Aparece na Coleção:Medicina Veterinária



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons