Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/21181
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_LucasSena_tcc.pdf1,08 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Enegrecer as políticas públicas : um estudo do processo de institucionalização das políticas públicas de igualdade racial no Brasil
Autor(es): Sena, Lucas
Orientador(es): Teixeira, Graziela Dias
Assunto: Discriminação racial
Racismo
Políticas públicas
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 13-Dez-2018
Referência: SENA, Lucas. Enegrecer as políticas públicas: um estudo do processo de institucionalização das políticas públicas de igualdade racial no Brasil. 2018. 95 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O debate sobre as políticas públicas de promoção da igualdade racial ganhou ênfase a partir do início dos anos 2000. Porém, entender o caminho até a institucionalização dessas políticas faz parte de uma discussão que abrange, no Brasil, a história das lutas dos movimentos sociais negros e a concepção de racismo, preconceito de cor e raça. Nesse sentido, o intuito deste trabalho é entender o processo das políticas de promoção da igualdade racial até sua inserção definitiva na agenda política nacional. Para isso, é preciso analisar como novas demandas de reconhecimento e de redistribuição passam a ocupar espaços fundamentais na luta contra o racismo, por igualdade de oportunidades, equidade e inclusão.
Abstract: The debate on public policies to promote racial equality has gained emphasis from the beginning of the 2000s. However, understanding the way to institutionalize these policies is part of a discussion that covers, in Brazil, the history of the struggles of black social movements and the conception of racism, prejudice of color and race. In this sense, the purpose of this academic work is to analyze and to understand the process through which policies to promote racial equality have been pursued before its definitive insertion into the national political agenda. To this end, it is necessary to analyze how new demands for recognition and redistribution come to occupy fundamental spaces in the fight against racism, for equal opportunities, equity and inclusion.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2018.
Aparece na Coleção:Ciência Política - Graduação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons