Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/20815
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_LucasSoaresFernandes_tcc.pdf7,52 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Concepção de projeto de combate a incêndio por hidrantes no Instituto Central de Ciências da Universidade de Brasília e reservatórios do campus Darcy Ribeiro
Autor(es): Fernandes, Lucas Soares
Orientador(es): Moura, Leonardo Zandonadi
Assunto: Prevenção de incêndio
Incêndios - prevenção e controle
Data de apresentação: 5-Jul-2018
Data de publicação: 11-Out-2018
Referência: FERNANDES, Lucas Soares. Concepção de projeto de combate a incêndio por hidrantes no Instituto Central de Ciências da Universidade de Brasília e reservatórios do campus Darcy Ribeiro. 2018. 100 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Civil)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Um dos grandes problemas da engenharia no Brasil é a ausência de cultura de segurança contra incêndio nas edificações. Se esse problema ainda ocorre mesmo com as exigências das normas técnicas da ABNT e do corpo de bombeiros de cada estado, no passado essa cultura era praticamente inexistente. A Universidade de Brasília possui edificações antigas que antecedem as normas técnicas pertinentes ao projeto de combate a incêndio, e por esta razão, grande parte das edificações não possuem um sistema que ofereça segurança aos usuários e para seu patrimônio. O presente trabalho tem como foco principal o Instituto Central de Ciências, devido a este possuir a maior área construída dentre as edificações do Campus Darcy Ribeiro e principalmente pela alta concentração de pessoas no local. Foi proposta uma concepção de projeto de instalação hidráulica de combate a incêndio para o Instituto Central de Ciências utilizando o Castelo d’água existente na Universidade de Brasília – Campus Darcy Ribeiro, distante aproximadamente novecentos metros. O castelo d’água possui volume suficiente para a reserva técnica de incêndio e carga hidráulica suficiente para alimentar o sistema de hidrantes por gravidade. Foram propostos dois traçados alternativos de adutoras para cumprir essa finalidade. Paralelamente foram calculadas as reservas técnicas de incêndio de outras edificações e foi avaliado o uso de reservatórios por grupo de edificações, cujo volume pode ser utilizado tanto para consumo humano quanto para a reserva técnica de incêndio.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2018.
Coorientador(es): Koide, Sérgio
Aparece na Coleção:Engenharia Civil



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons