Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/20384
Título: Efeito ovicida e ninficida de diferentes grupos químicos de inseticida em mosca-branca
Autor(es): Coleone, Reinaldo
Orientador(es): Bastos, Cristina Schetino
Assunto: Mosca-branca
Inseticidas
Data de apresentação: Dez-2017
Data de publicação: 10-Jul-2018
Referência: COLEONE, Reinaldo. Efeito ovicida e ninficida de diferentes grupos químicos de inseticida em mosca-branca. 2017. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A mosca-branca é um inseto altamente invasivo, agressivo e polífago. Está presente nos sistemas de produção à campo e cultivo protegido por todo o mundo, disseminando viroses (especialmente aquelas causadas por begomovírus) e causando injúrias diretas, através de sucção de seiva e injeção de toxinas, impedindo o desenvolvimento das plantas. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito ovicida e ninficida de seis inseticidas, pertencentes a seis grupos químicos diferentes, sendo eles: deltametrina (piretróide), acefato (organofosforado), piriproxifem (juvenóide), fipronil (pirazol), tiametoxam (neonicotinóide) e metomil (carbamato). Os tratamentos foram dispostos no delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições e as características avaliadas foram a emergência de ninfas e adultos de mosca-branca. Os dados referentes à mortalidade de ovos corrigida para a mortalidade ocorrida na testemunha (%) e ao número de ovos, ninfas e adultos contabilizados nos diferentes tratamentos foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA), seguida de teste Tukey a p0,05. De uma forma geral, não foram observadas diferenças significativas (p0,05) entre os inseticidas testados quanto a ação ovicida. Os inseticidas testados também não proporcionaram mortalidade significativa das ninfas. Todavia, o inseticida fipronil foi o que apresentou a maior ação ovicida+ninficida. Neste caso, torna-se necessário o registro deste princípio ativo no Ministério da Agricultura, para que o mesmo possa ser utilizado no manejo de mosca-branca no Brasil.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2017.
Aparece na Coleção:Agronomia

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ReinaldoColeone_tcc.pdf907,4 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons