Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/20383
Título: Produtividade do Panicum maximum cv. BRS Tamani no Brasil central
Autor(es): Fagundes, Rayan Tomaz de Souza
Orientador(es): Silva, Cássio José da
Assunto: Plantas forrageiras
Pastagens - manejo
Data de apresentação: Dez-2017
Data de publicação: 10-Jul-2018
Referência: FAGUNDES, Rayan Tomaz de Souza. Produtividade do Panicum maximum cv. BRS Tamani no Brasil central. 2017. 35 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Objetivou-se o estudo do capim Panicum maximum quanto ao padrão de crescimento, produção de forragem, taxa de crescimento diário e perfilhos senescentes, em três crescimentos sucessivos, defasados de 21 dias e com idades de cortes variando de 21 a 49 dias. Utilizou-se delineamento experimental em blocos ao acaso com parcelas subdivididas com quatro repetições, sendo os Crescimentos (C1; C2 e C3) alocados nas parcelas e as idades de cortes (21; 28; 35; 42 e 49 dias) nas sub-parcelas. Empregou-se análise de variância e teste de Tukey para avaliar os efeitos de idade de corte. O ensaio ocorreu em um pasto cultivado com capim Tamani, estabelecido há aproximadamente 2 anos, onde o solo era do tipo Latossolo Vermelho Escuro. Foi realizada uma adubação em cobertura com o fertilizante 04-14-08 complementado com ureia, visando proporcionar 105 kg de P2O5/ha; 56 kg de K2O/ha e 164 kg de N/ha. Os cortes de avaliação foram realizados a 15 cm de altura, com auxílio de um cutelo e um quadrado metálico de área delimitada de 0,5m2. Para determinação de matéria seca (MS) as amostras foram identificadas, pesadas e colocadas em estufa de ventilação forçada à 65ºC por 72 horas para serem pré-secas. Em cada sub-parcelas cortadas, cinco dias após o corte de avaliação foi escolhido uma área referente ao quadrado (0,5m²) que foi contado o número de perfilhos e total dos perfilhos que rebrotaram. Os resultados mostram que a maior produção de matéria seca ocorreu aos 42 e 49 dias em todos os crescimentos. Entretanto, as menores ocorreram aos 21 dias e não houve diferença sobre taxas de crescimento diário, sendo as maiores (86 e 89 kg de MS/ha/dia) ocorreram aos 21 e 28 dias de C2. O maior número de perfilhos senescentes ocorreu aos 49 dias em todos os crescimentos, seguido das idades de 21, 28, 35 e 42, respectivamente em C1 e C3. Dessa maneira, visando conciliar produção e qualidade da forragem, o melhor período de utilização dessa gramínea deverá ocorrer entre 21 e 35 dias de idade.
Abstract: The objective of this study was to study the Panicum maximum grass for growth pattern, forage production, daily growth rate and senescent tillers, in three successive growths, lagged at 21 days and with ages ranging from 21 to 49 days. A randomized complete block design with split plots with four replications was used, with growth (C1, C2 and C3) allocated to the plots and the ages of cuts (21, 28, 35, 42 and 49 days) in subplots. The analysis of variance and Tukey's test were used to evaluate the effects of age of cut. The experiment was carried out in a pasture grown with Tamani grass, established approximately 2 years ago, where the soil was of the Dark Red Latosol type. A cover fertilization was performed with fertilizer 04-14-08 supplemented with urea, aiming to provide 105 kg de P2O5/ha; 56 kg de K2O/ha e 164 kg de N/ha. The evaluation cuts were performed at 15 cm height, with the aid of a cleaver and a metal square with a delimited area of 0.5 m2. For determination of dry matter (DM) the samples were identified, weighed and placed in a forced ventilation oven at 65ºC for 72 hours to be pre-dried. In each cut subplots, five days after the evaluation cut, an area was chosen referring to the square (0.5 m²) that counted the number of tillers and total of the tillers that retreated. The results show that the highest dry matter production occurred at 42 and 49 days in all growths. However, the lowest occurred at 21 days and there was no difference on daily growth rates, with the highest (86 and 89 kg DM / ha / day) occurring at 21 and 28 days of C2. The highest number of senescent tillers occurred at 49 days in all growth, followed by ages 21, 28, 35 and 42, respectively in C1 and C3. Thus, in order to reconcile forage production and quality, the best period of use of this grass should occur between 21 and 35 days of age.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2017.
Aparece na Coleção:Agronomia

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_RayanThomazDeSouzaFagundes_tcc.pdf1,33 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons