Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/20371
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JoaoEustaquioJuste_tcc.pdf244,67 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Análise dos fatores motivacionais dos atletas amadores praticantes de corrida de rua do Distrito Federal
Autor(es): Juste, João Eustáquio
Orientador(es): Costa, Américo Pierangeli
Coorientador(es): Castro, Oséias Guimarães
Assunto: Exercícios físicos
Qualidade de vida
Corridas (Atletismo)
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 9-Jul-2018
Referência: JUSTE, João Eustáquio. Análise dos fatores motivacionais dos atletas amadores praticantes de corrida de rua do Distrito Federal. 2017. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação Física)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Boa Vista-RR, 2017.
Resumo: A corrida de rua é uma atividade física que ganha adeptos a cada ano. Pessoas de ambos os sexos que aderem e continuam praticando essa atividade física por diversos motivos. Desse modo, o presente estudo teve como objetivo identificar os principais fatores motivacionais dos corredores de rua do Distrito Federal. Para identificar as motivações dos corredores de rua do Distrito Federal foi aplicado um questionário online contendo questões relacionadas a aspectos motivacionais, dados pessoais e características de treinamento. O questionário foi divulgado pelas redes sociais para grupos de corredores de rua do Distrito Federal e enviado por e-mail a pessoas participantes de provas de corrida de rua. Responderam a pesquisa 361 corredores de rua que residem no Distrito Federal, desse total 187 foram do sexo masculino e 174 do sexo feminino na faixa etária inferior a 20 anos e superior a 60 anos. Os fatores motivacionais foram divididos em três categorias motivacionais: 1) para iniciar a prática da corrida de rua; 2) para continuar participando de corrida de rua; 3) para se inscrever em corrida de rua. Como resultados foram apontados que os principais fatores motivacionais para iniciar a prática da corrida de rua foram em primeiro lugar a saúde, seguido pelo estilo/qualidade de vida e condicionamento físico; Os fatores motivacionais para continuarem praticando a corrida de rua foram em primeiro lugar superar limites seguido pelos benefícios fisiológicos proporcionados pela corrida. Os fatores motivacionais para se inscrever em provas de corrida de rua foram prazer de correr e distâncias de provas ainda não vencidas. O resultado do estudo evidencia que os corredores de rua do Distrito Federal, tendo como parâmetros a amostra estudada, reconhecem que a corrida é uma atividade física que proporciona inúmeros benefícios a quem a pratica, desse modo, são motivados intrinsecamente agindo por prazer e saúde.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Faculdade de Educação Física, 2017.
Aparece na Coleção:Educação Física



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons