Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/20089
Título: Detecção por PCR de genes específicos de Brucella abortus em soro suíno
Autor(es): Oliveira, Thaís de Campos
Orientador(es): Perecmanis, Simone
Assunto: Saúde animal
Suíno - doenças
Brucelose em animais
Data de apresentação: 11-Dez-2017
Data de publicação: 16-Mai-2018
Referência: OLIVEIRA, Thaís de Campos. Detecção por PCR de genes específicos de Brucella abortus em soro suíno. 2017. 18 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A crescente demanda mundial por carne suína tem favorecido o Brasil, que permanece como o quarto lugar no ranking de produção e exportação desse produto nos últimos anos. Dentre os agentes etiológicos que acometem suínos, encontram-se a Brucella suis e a Brucella abotus, que influenciam diretamente nos índices de produtividade sendo, dentre os muitos micro-organismos, responsáveis por problemas reprodutivos, queda de desempenho de leitões e descarte de matrizes e varrões em granjas. O teste (AAT) vem sendo utilizado para triagem em produções, no caso de suspeita da doença, no entanto, não existe precisão quando a espécie do agente nesse teste. A confirmação quanto ao agente é de extrema importância visto que, embora exista uma predileção por hospedeiros específicos, infecções cruzadas são observadas no caso da brucelose. A precisão diagnóstica pode ser obtida através de métodos de diagnóstico molecular, como a Reação em Cadeia da Polimerase (PRC), ainda pouco explorada no contexto dessa doença. O objetivo desse trabalho foi realizar a detecção molecular do gene especifico da sequência 711 (IS711) de Brucella abortus em amostras de soro suíno positivas no teste de Antígeno Acidificado Tamponado (AAT).
Abstract: The growing world demand for pork has favored Brazil, which remains the fourth place in the ranking of production and export of this product in the last years. Among the etiological agents that affect pigs are Brucella suis and Brucella abortus, which directly influence the productivity indexes, being among the many microorganisms responsible for reproductive problems, performance drop of piglets and discard of matrices and boars on farms. The ATT test has been used for screening in productions, in case of suspected disease, however, there is no precision when the species of the agent in that test. Confirmation of the agent is extremely important since, although there is a predilection for specific hosts, cross-infection is observed in the case os brucellosis. Diagnostic accuracy can be obtained through molecular diagnostic methods, such as Polymerase Chain Reaction (PCR), which has not yet been explored in the context of this disease. The objective of this work was to perform the molecular detection of the 711 (IS711) sequence specific gene of Brucella abortus in swine serum positive samples in the Buffer Acidified Antigen (AAT) test.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2017.
Aparece na Coleção:Medicina Veterinária

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ThaisdeCamposOliveira.pdf4,33 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons