Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19967
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JulioGusmaoAmaral_tcc.pdf2,51 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Política de proteção e preservação do tecido tradicional timorense, tais, após a restauração da independência de Timor-Leste (2002-2017)
Autor(es): Amaral, Júlio Gusmão
Orientador(es): Considera, Andréa Fernandes
Assunto: Patrimônio cultural
Timor-Leste
Data de apresentação: 6-Dez-2017
Data de publicação: 23-Abr-2018
Referência: AMARAL, Júlio Gusmão. Política de proteção e preservação do tecido tradicional timorense, tais, após a restauração da independência de Timor-Leste (2002-2017). 2017. 87 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Museologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este trabalho tem como finalidade de analisar o tecido tradicional timorense chamado tais, feito de forma artesanal por mulheres utilizando teares tradicionais de madeira. A tecelagem desse tecido se iniciou quando surgiu a necessidade de se cobrir o corpo humano. Costumava ser usado como vestuário diário, porém, hoje em dia, o seu uso apenas acontece em ocasiões especiais como nos casamentos, rituais, enterros, cerimônias religiosas e entre outras. O tais é considerado como um dos elementos principais da cultura timorense, de tal modo, que o objetivo principal deste trabalho é analisar a política de proteção e preservação do tais enquanto patrimônio e identidade cultural timorense após a restauração da independência do Timor-Leste, em 2002, bem como apresentar, de modo panorâmico, o Timor-Leste, introduzir os conceitos básicos do patrimônio cultural e a sua importância, apontar como o tais é produzido, abordar o uso do tais na comunidade timorense e identificar as diferentes representações do tais de cada distrito de Timor-Leste. Para este fim, foram analisados os documentos governamentais e foi levantado material bibliográfico relacionado ao assunto de pesquisa. Provisoriamente, o que especificamente diz respeito à proteção do patrimônio cultural timorense está garantido na resolução do governo no. 25/2011, pois, a Lei de Bases do Patrimônio Cultural está em fase de aprovação. Por fim, com toda a esperança de que este trabalho sirva como base referencial aos interessados, porque a produção do conhecimento sobre este tema ainda é pouquíssima.
Abstract: This paper aims to analyze the Timorese traditional fabric called tais, made in a craft way by women using traditional wooden looms. The weaving of this fabric began when the need arose to cover the human body. It used to be used as daily clothing, but nowadays, its use only happens on special occasions such as weddings, rituals, funerals, religious ceremonies and so on. The tais is considered as one of the main elements of the Timorese culture, so that the main objective of this paper is to analyze the policy of protection and preservation of the tais as Timorese heritage and cultural identity after the restoration of independence of East Timor, in 2002, as well as to present, in a panoramic way, East Timor, to introduce the basic concepts of cultural heritage and its importance, to point out how the tais is produced, to address the use of the tais in Timorese community and to identify the different representations of the tais of each district of East Timor. For this purpose, government documents were analyzed and bibliographic material related to the research subject was collected. Provisionally, what specifically concerns the protection of Timorese cultural heritage is guaranteed in the government's resolution No. 25/2011, because, the Law of Bases of Cultural Heritage is in the approval phase. Finally, with all hope that this work will serve as a reference base for those interested, because the production of knowledge on this subject is still very few.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2017.
Aparece na Coleção:Museologia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons