Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19932
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_EdvâniaVanielleViegasMirandaCosta_tcc.pdf467,92 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Arquitetura da separação : uma análise sobre as motivações e consequências dos muros do México e de Israel
Autor(es): Costa, Edvânia Vanielle Viegas Miranda
Orientador(es): Penna Filho, Pio
Assunto: Migração
Conflitos internacionais
México
Israel
Imigrantes
Política internacional
Data de apresentação: 21-Jun-2017
Data de publicação: 16-Abr-2018
Referência: COSTA, Edvânia Vanielle Viegas Miranda. Arquitetura da separação: uma análise sobre as motivações e consequências dos muros do México e de Israel. 2017. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este artigo faz uma análise das motivações que levaram à construção dos muros do México e de Israel e algumas de suas consequências. Para tanto, primeiro percorre eventos atuais para retratar o cenário da imigração sob as perspectivas do novo presidente Donald Trump e depois traz uma breve contextualização histórica de distintos momentos das políticas migratórias dos Estados Unidos. Quanto ao Muro de Israel, faz-se um recorte histórico da gênese do conflito israelo-árabe, quando da autoproclamação do Estado de Israel e dos eventos que envolvem o muro, bem como das consequentes violações de direitos no território Palestino. Conclui-se que, em relação ao Muro do México, sua existência não impede a imigração ilegal, apesar de manter certo controle nas fronteiras. Em relação ao Muro de Israel, é possível inferir que os efeitos da contínua ocupação nos territórios da Palestina têm contornos de “terrorismo” de Estado, além de ser uma forma de anexação de parte dos territórios ocupados ao Estado de Israel.
Abstract: This article analyzes the motivations that led to the construction of the walls of Mexico and Israel and some consequences. To do so, it first goes on current events to portray the scenario of immigration under the perspective of the new president Donald Trump and then to draw abrief historical context of different moments of the migratory policies on the United States.As for the Israeli Wall, there is a historical cut in the Israeli-Arab conflict, when the self-proclamation of the State of Israel and the events surrounding the wall, as well as theconsequences of violations of rights on the Palestinian territory. It is concluded that, in relation to the Mexican Wall, its existence does not stop illegal immigration, although it maintains some control at the borders. With regard to the Israeli Wall, it can be concluded that the effects of continued occupation on the territories of Palestine have contours of State terrorism as well as a form of annexation of part of the territories occupied by the State of Israel.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XVIII Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2017.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons