Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/197
Título: A cultura e as técnicas alimentares primitivas utilizadas pela etnia xavante : revisão bibliográfica
Autor(es): Cerqueira, Marcus Vinícius Vasconcelos
Orientador(es): Araújo, Wilma Maria Coelho
Assunto: Cultura indígena
Alimentação
Índios Xavante
Data de apresentação: 19-Mar-2007
Data de publicação: 6-Abr-2009
Referência: CERQUEIRA, Marcus Vinícius Vasconcelos. A cultura e as técnicas alimentares primitivas utilizadas pela etnia xavante: revisão bibliográfica. 2007. 51 f. Monografia (Especialização em Tecnologia dos Alimentos)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Resumo: Com a chegada dos Portugueses ao Brasil, inicia-se um processo de retração da cultura indígena, desencadeada por uma ideologia européia interessada apenas na obtenção de lucros para a Coroa Portuguesa. A visão que o europeu tinha a respeito dos índios era eurocêntrica. Os portugueses achavam-se superiores aos indígenas e, portanto, deveriam dominá-los e colocá-los ao seu serviço. Os Xavantes são índios guerreiros que resistiram bravamente à ocupação de seu território pelos colonizadores e aventureiros, e para a sua sobrevivência, utilizavam várias tecnologias alimentares voltadas à obtenção de farinha da mandioca (processamento da mandioca), cocção do alimento in natura (grelhar, assar e cozimento), desidratação para fins de armazenamento (secagem natural), a conservação de alimentos pelo método da defumação (moqueagem). Hoje, devido à diminuição das áreas indígenas, dasmudanças no hábito alimentar Xavante e pela diminuição da oferta de caça, estas técnicas estão sendo pouco utilizadas, sendo necessário o seu resgate.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, 2007.
Aparece na Coleção:Tecnologia de Alimentos

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_MarcusViniciusVasconcelosCerqueira.pdf228.41 kBAdobe PDFver/abrir


Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.