Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19647
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_LuisaTorresMariniFerreira.pdf1,71 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Uma análise das manchetes dos jornais Folha de S.Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo na cobertura dos impeachments de Fernando Collor de Mello e Dilma Rousseff
Autor(es): Ferreira, Luisa Torres Marini
Orientador(es): Nascimento, Solano dos Santos
Assunto: Reportagens
Imprensa e política
Impeachment
Jornalismo - aspectos políticos
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 12-Mar-2018
Referência: FERREIRA, Luisa Torres Marini. Uma análise das manchetes dos jornais Folha de S.Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo na cobertura dos impeachments de Fernando Collor de Mello e Dilma Rousseff. 2017. 87 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Comunicação Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esta pesquisa analisou a cobertura jornalística dos dois processos de impeachment de presidentes da República que ocorreram no Brasil depois da redemocratização: o de Fernando Collor de Mello, em 1992, e o de Dilma Rousseff, em 2016. Por meio da análise de conteúdo, foram estudadas as manchetes dos jornais Folha de S.Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo referentes aos 30 dias que antecederam a aprovação na Câmara dos Deputados de cada um dos impeachments. A análise revelou algumas semelhanças na cobertura dos dois processos – como predomínio de manchetes sobre o assunto nos três jornais – e diferenças – como um percentual mais alto de manchetes negativas para a ex-presidente Dilma que para o ex-presidente Collor.
Abstract: This research analysed the journalistic coverage of the two impeachment processes of Presidents of the Federal Republic of Brazil, which occurred after the redemocratization process: that of Fernando Collor de Mello, in 1992, and that of Dilma Rousseff, in 2016. The content of the headlines of the newspapers Folha de S.Paulo, O Globo and O Estado de S. Paulo, during the 30 days prior to approval by the House of Representatives of each impeachment, have been studied and analyzed. The analysis reveled some similarities in the coverage of the two processes – such as the predominance of headlines on the subject in the three newspapers – and diferences – as a higher percentage of negative headlines for the former president Dilma than for the former president Collor.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Departamento de Jornalismo, 2017.
Aparece na Coleção:Comunicação - Jornalismo



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons