Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19628
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_RicardoAlvesDias.pdf744,83 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Estudo de caso e caracterização : projeto Educando com a Horta Escolar - CED 04 Sobradinho II
Autor(es): Dias, Ricardo Alves
Orientador(es): Miranda Filho, Reinaldo José de
Assunto: Olericultura
Educação ambiental
Horticultura
Horta escolar
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 9-Mar-2018
Referência: DIAS, Ricardo Alves. Estudo de caso e caracterização: projeto Educando com a Horta Escolar - CED 04 Sobradinho II. 2017. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Gestão de Agronegócios)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2017.
Resumo: Em um mundo onde a tendência para as próximas décadas é um crescimento populacional considerável, a demanda por alimentos deve crescer de maneira igualmente importante e a agricultura continuará desempenhando um papel crucial. A olericultura é a área que abrange a exploração de hortaliças - popularmente conhecidas como verduras e legumes - e que engloba culturas folhosas, raízes, bulbos, tubérculos, frutos diversos e partes comestíveis de plantas; diretamente utilizadas na alimentação humana. Pela sua diversidade permite o cultivo em situações variadas de clima, solo e ambientes. Nesse contexto cultivar uma horta no ambiente escolar mostrou-se um projeto viável, levando a olericultura para perto dos educandos e da própria comunidade, considerando os recursos escassos das escolas públicas, mas visando sobretudo, a grande importância de levar a educação ambiental para a vida prática das pessoas. A educação ambiental é um dos tópicos mais importantes a serem absorvidos pelas crianças, explorar sua relação com a natureza e os impactos que suas ações podem causar no sentido ecológico. É aí que os projetos de horta escolar se inserem, eles aproximam os estudantes da realidade, fazendo com que as crianças criem hábitos sustentáveis e ecologicamente corretos. Entre os benefícios alcançados com o projeto horta escolar, se destacam a produção e consumo de alimentos naturais pelos alunos, troca de conhecimentos, inserção de assuntos como a economia doméstica, a influência nas escolhas alimentares das crianças, além de apresentar na prática as consequências que as ações do homem têm em relação ao meio ambiente.
Abstract: In a world where the trend for the next few decades is a considerable population growth, the demand for food must grow equally important and agriculture will continue to play a crucial role. The olericultura is the area that covers the exploration of vegetables - popularly known as vegetables and vegetables - and that includes leafy crops, roots, bulbs, tubers, miscellaneous fruits and edible parts of plants; directly used in human food. By its diversity allows the cultivation in varied situations of climate, soil and environments. In this context, cultivating a vegetable garden in the school environment proved to be a viable project, taking the olericultura close to the students and the community itself, considering the scarce resources of the public schools, but focusing on the great importance of bringing environmental education to life people's practice. Environmental education is one of the most important topics to be absorbed by children, exploring their relationship to nature and the impacts their actions can cause in the ecological sense. This is where the school garden projects are inserted, they bring the students closer to reality, making children create sustainable and ecologically correct habits. Among the benefits of the school vegetable garden project are the production and consumption of natural foods by students, the exchange of knowledge, the insertion of subjects such as home economics, influence on children's food choices, and the practical consequences of actions of man have in relation to the environment.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Planaltina, 2017.
Aparece na Coleção:Gestão do Agronegócio



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons