Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19499
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AllineSilvadeCarvalho.pdf940,68 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Rentabilidade da indústria bancária brasileira : evolução e custo de oportunidade
Autor(es): Carvalho, Alline Silva de
Orientador(es): Dantas, José Alves
Assunto: Instituições financeiras
Custo de oportunidade
Bancos - rentabilidade
Retorno do Patrimônio Liquido (ROE)
Taxas de juros
Data de apresentação: 16-Nov-2017
Data de publicação: 22-Fev-2018
Referência: CARVALHO, Alline Silva de. Rentabilidade da indústria bancária brasileira: evolução e custo de oportunidade. 2017. 38 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Contábeis)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Constantemente são divulgados os níveis de rentabilidade alcançados pelas instituições bancárias brasileiras, dando ênfase especial aos lucros, considerados vultosos, dos bancos de porte que compõem o Sistema Financeiro Nacional, reforçando a importância de tais resultados para a manutenção do sistema. O presente estudo teve por objetivo verificar a evolução dos níveis de rentabilidade das instituições bancárias brasileiras, em relação ao custo de oportunidade do capital, no intuito de concluir se ao longo do período 2000 a 2016 o nível de rentabilidade dos bancos, apurado pelo Return on Equity (ROE), é superior ao custo de oportunidade do capital, definido pela taxa do CDI líquido. Os testes empíricos realizados na amostra composta pelos dados semestrais dos bancos comerciais, múltiplos e pela Caixa Econômica Federal envolveram a elaboração e análise de estatísticas descritivas, testes de diferenças de médias, análise gráfica e composição do nível de rentabilidade por instituição. Os resultados confirmaram a hipótese de que o nível de rentabilidade ao longo dos anos, em termos agregados, se mostrou superior ao custo de oportunidade do capital, embora isso seja determinado principalmente pelos dados dos bancos de porte. Além disso, o estudo revela evidências de que em períodos de crises econômicas a rentabilidade dos bancos de porte.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais, 2017.
Aparece na Coleção:Ciências Contábeis



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons