Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19231
Título: Política externa e política de defesa : promoção comercial da base industrial de defesa
Autor(es): Marques, Renata Santos
Orientador(es): Vaz, Alcides Costa
Assunto: Armas militares
Defesa nacional
Brasil - relações exteriores
Política externa - Brasil
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 31-Jan-2018
Referência: MARQUES, Renata Santos. Política externa e política de defesa: promoção comercial da base industrial de defesa. 2017. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este artigo tem o objetivo de demonstrar as causas do baixo dinamismo da indústria de defesa no Brasil segundo dois fatores principais: redução da demanda externa de produtos de defesa e ausência de recursos do Ministério da Defesa para investimento em projetos de aquisição de equipamentos militares. A análise abrange o cenário do pós Guerra Fria e as implicações para a indústria de defesa na década de 1990, a criação do Ministério da Defesa em 1999 e a política externa do Governo Lula, no período 2003-2010, sob a ótica da defesa. Avaliam-se os principais marcos regulatórios e institucionais que estabeleceram a Política Nacional da Indústria de Defesa, os que ensejaram a criação da Secretaria de Produtos de Defesa e das iniciativas governamentais para promoção comercial da indústria. A hipótese a ser verificada é a de que é necessário o desenvolvimento de políticas coordenadas de aquisição de equipamentos militares e de iniciativas de promoção comercial entre os diversos órgãos governamentais para a sustentabilidade da indústria de defesa no mercado nacional e externo.
Abstract: This article is intended to demonstrate the causes of a less dynamic defense industry in Brazil according to two main factors: reduction of foreign demand for defense products and the absence of funding from the Ministry of Defense to invest in military equipment acquisition projects. The analysis covers the post-Cold War scenario and the involvement of the defense industry in the 1990s, the establishment of the Defense Ministry in 1999 and Lula Government foreign policy between 2003-2010 from the defense standpoint. The main regulatory and institutional frameworks that established the National Defense Industry Policy, those that led to the establishment of the Defense Products Department and government initiatives for industry trade promotion is addressed. The hypothesis to be verified is that it is necessary to develop coordinated policies for the acquisition of military equipment and trade promotion initiative among the various government agencies for the sustainability of defense industries in the domestic and foreign markets.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XVIII Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2017.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_RenataSantosMarques.pdf296,27 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons