Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/18971
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_LaisaMoraisAlcantara.pdf2,07 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Estudo da economia colaborativa para o desenvolvimento turístico de Brasília
Autor(es): Alcântara, Laísa Morais
Orientador(es): Tasso, João Paulo Faria
Assunto: Economia colaborativa
Brasília (DF) - turismo
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 12-Jan-2018
Referência: ALCÂNTARA, Laísa Morais. Estudo da economia colaborativa para o desenvolvimento turístico de Brasília. 2017. 82 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Turismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A presente monografia tem como objeto o estudo da economia colaborativa no processo de desenvolvimento do turismo em Brasília - Distrito Federal. A cidade de Brasília possui como principais potenciais a sua miscigenação cultural, e a sua arquitetura e urbanismo ímpares, que lhe concederam os títulos de “Patrimônio Cultural da Humanidade” e “Cidade do Design” da UNESCO, além dos seus altos índices de desenvolvimento humano e de PIB, do qual quase 50% diz respeito ao setor de serviços, fora os serviços da administração pública. Está entre os maiores hubs aéreos do país, e entre as cidades que mais recebem eventos no Brasil. Porém, os seus índices de desigualdade socioeconômica também são elevados. Pela sua dimensão territorial, possui uma frota automobilística notória e, a partir dos programas governamentais, percebe-se demandas por melhorias voltadas à ampliação da participação popular, melhorias na mobilidade urbana, na segurança, fomento à cultura de forma inclusiva, melhoria na gestão de resíduos sólidos, além de ações com foco numa maior interação entre a população local e os visitantes com a natureza. O estudo teve como objetivo identificar, a partir dos pressupostos da economia colaborativa, as principais contribuições para o desenvolvimento turístico de Brasília. Este estudo foi realizado de forma exploratória, com abordagem qualitativa, dividida em três etapas: pré-campo (levantamento bibliográfico e documental), campo (estudo de caso de Brasília por meio de entrevistas semiestruturadas), e pós-campo (análise de conteúdo dividida por temas e categorias de análise). Os entrevistados foram um sócios-fundadores da plataforma Fleety (compartilhamento de carros), um servidor e representante do Ministério do Turismo, e três representantes da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo de Brasília. Dentre outros resultados da pesquisa, foram evidenciadas como possíveis contribuições da economia colaborativa na dinâmica turística local: fatores como fortalecimento da presença digital de empresas e destinos; redução de custos para o consumidor; criação de oportunidades de empreendedorismo; além da promoção da criação de relações de confiança entre indivíduos e do seu surgimento a partir de demandas da população.
Abstract: The present monograph aims to study the collaborative economy in the process of tourism development in Brasília - Distrito Federal. The city of Brasília has as main potential its cultural miscegenation, and its unique architecture and urbanism, which awarded it the titles of UNESCO's "Cultural Patrimony of Humanity" and "City of Design", in addition to its high human development indexes and GDP, of which almost 50% concerns the services sector, outside the public administration services. It is among the largest air hubs in the country, and among the cities that most receive events in Brazil. However, their rates of socioeconomic inequality are also high. Due to its territorial dimension, it has a notorious automobile fleet and, from the governmental programs, it is perceived demands for improvements aimed at the expansion of popular participation, improvements in urban mobility, safety, promotion of culture in an inclusive way, improvement in the management of solid waste, as well as actions focused on a greater interaction between the local population and visitors with nature. The objective of this study was to identify, from the collaborative economy assumptions, the main contributions to the tourism development of Brasilia. This study was conducted in an exploratory way, with a qualitative approach, divided into three stages: pre-field (bibliographic and documentary survey), field (Brasilia case study through semi-structured interviews), and post-field (content analysis divided by themes and categories of analysis). The interviewees were a founding partner of the Fleety platform (car sharing), a server and representative of the Ministry of Tourism, and three representatives of the Secretary of Sport, Leisure and Tourism of Brasília. Among other results of the research, the possible contributions of the collaborative economy in local tourism dynamics were evidenced: factors such as strengthening the digital presence of companies and destinations; cost reduction for the consumer; creation of entrepreneurship opportunities; besides promoting the creation of trust relations between individuals and their emergence from the demands of the population.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, 2017.
Aparece na Coleção:Turismo



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons