Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/18559
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AnaPaulaGomesMeloRodrigues.pdf694,99 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Alimentação e uso convencional dos objetos na educação infantil : uma análise microgenética de ações e posicionamentos educacionais em duas creches do DF
Autor(es): Rodrigues, Ana Paula Gomes Melo
Orientador(es): Herrera, Francisco José Rengifo
Assunto: Crianças - desenvolvimento
Intervenção pedagógica
Alimentação infantil
Merenda escolar
Data de apresentação: 2017
Data de publicação: 11-Dez-2017
Referência: RODRIGUES, Ana Paula Gomes Melo. Alimentação e uso convencional dos objetos na educação infantil: uma análise microgenética de ações e posicionamentos educacionais em duas creches do DF. 2017. 81 f. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O presente estudo buscou caracterizar a forma como se dá o uso dos objetos durante o momento das refeições em duas creches do DF. A observação e análise focaram nas ações que emergiram em crianças de 12 a 24 meses e na intervenção pedagógica por parte dos educadores. O problema de pesquisa procurou identificar a forma como se desenvolve a relação triádica entre criança-objeto-educador nos momentos das refeições. O objetivo geral buscou-se analisar as ações, diálogos e posicionamentos que surgem durante os momentos de alimentação a respeito do uso convencional dos objetos no contexto educacional. Como metodologia, foi utilizada pesquisa derivando uma análise microgenética, com observação, e filmagens, fotos e registros escritos em duas creches do DF, sendo uma particular e outra pública, conveniada ao Governo do Distrito Federal, ambas de tempo integral. Da mesma forma, realizamos ainda, uma entrevista semiestruturada com as professoras das duas turmas observadas no primeiro semestre de 2017. Com base nas análises, percebemos que em ambas as creches o momento da alimentação é considerado mais como cumprimento das necessidades biológicas do que pedagógicas. Os resultados, de um modo geral, indicaram a forte influência do contexto geral no trabalho pedagógico.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2017.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons