Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/18198
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_GervandisniderFagundes_tcc.pdf740,91 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorRocha, Dulce Maria Sucena da-
dc.contributor.authorFagundes, Gervandisnider Lima-
dc.identifier.citationFAGUNDES, Gervandisnider Lima. Estimativa da produtividade de frutos de uma população de pequi (Caryocar Brasiliense camb.,caryocaraceae). 2017. 10 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2017.pt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Ciências Naturais, 2017.pt_BR
dc.description.abstractO pequi (Caryocar brasiliense Camb.) é uma espécie nativa muito consumida pela população rural na região do Cerrado e durante a safra pode ser encontrado em feiras e mercados. O extrativismo do pequi fornece renda complementar a muitos dos pequenos produtores. O objetivo deste trabalho foi estimar a produtividade da polpa de frutos de pequi nos anos 2013 e 2014, no assentamento Márcia Cordeiro Leite, Planaltina, DF. Foram marcadas 60 árvores no primeiro ano e 54 no segundo, das quais foi medido o diâmetro do tronco a 30 cm do solo para calcular a área basal de cada árvore; todos os frutos foram contados. Foram coletados 100 (2013) e 60 (2014) frutos, dos quais foram avaliados o peso: do fruto completo, de um dos putâmens (no caso dos frutos com mais de um) e medidas: altura, largura e comprimento para estimativa do volume do mesmo. A espessura da polpa foi medida com auxílio de um paquímetro e o volume total estimado através da fórmula: (4/3π (ab+ac+bc))n, onde a, b, c são altura, largura e comprimento do putâmen, respectivamente e n=espessura da polpa. As análises de regressão entre área basal e produção de frutos, foi significativa somente para o ano de 2013, apesar de apenas 24% da produção de frutos ser explicada pela área basal da planta. A produção de frutos teve grande variação entre indivíduos e anos. O volume total de polpa produzida no primeiro ano foi de 0,0043 m3e 0,0032 m3no segundo ano. A comercialização de polpa de pequi é valorizada por volta de R$ 32,00/kg o que corresponderia à R$ 1.278,08 para a safra de 2013 e R$ 2.538,88 para safra de 2014.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subject.keywordCerradopt_BR
dc.subject.keywordPequipt_BR
dc.subject.keywordFrutas nativas do cerradopt_BR
dc.subject.keywordExtrativismopt_BR
dc.titleEstimativa da produtividade de frutos de uma população de pequi (Caryocar Brasiliense camb.,caryocaraceae)pt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Licenciaturapt_BR
dc.date.accessioned2017-11-07T14:54:43Z-
dc.date.available2017-11-07T14:54:43Z-
dc.date.submitted2017-06-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/18198-
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.description.abstract1The pequi (Caryocar brasiliense Camb.) is one of the native species widely consumed by the rural population in the Cerrado region and during the harvest can be found in fairs and markets. Peak extractivism provides extra income to many small farmers. The objective of this work was to estimate the productivity of pequi fruit pulp in the years 2013 and 2014, in the Márcia Cordeiro Leite settlement, Planaltina, DF. Sixty trees were marked in the first year and 54 trees in the second, measuring the trunk diameter at 30 cm from the soil to calculate the basal area of each tree; All the fruits were counted. A total of 100 (2013) and 60 (2014) fruits were collected, of which the weight of the whole fruit and one of the putamens (in the case of the fruits with more than one). The putamen height, width and length were measured for volume estimation. The thickness of the pulp was measured using a pachymeter and the total pulp volume estimated using the formula: (4 / 3π (ab + ac + bc)) n, where a, b, c are height, width and length of putamen respectively and n = thickness of the pulp. The regression analyzes 4 between basal area and fruit production were significant for the year 2013 only, although only 24% of the fruit production was explained by the basal area of the plant.Fruit production had great variation amongplants and between years. The total volume of pulp produced in the first year was 0.0043 m3 and 0.0032 m3 in the second year. The marketing of pequi pulp is valued at around R $ 32.00 / kg, which would bring an income of R $ 1,278.08 and R $ 2,538.88 in 2013 and 2014 respectively.pt_BR
Aparece na Coleção:Ciências Naturais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons