Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/18187
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_FranciscoEdevaldoBezerra_tcc.pdf697,61 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O papel do educador em atividades de experimentação no ensino de química
Autor(es): Bezerra, Francisco Edevaldo Monte
Orientador(es): Rotta, Jeane Cristina Gomes
Assunto: Experimentação
Química - estudo e ensino
Professores de química
Processo de ensino-aprendizagem
Data de apresentação: Jun-2017
Data de publicação: 7-Nov-2017
Referência: BEZERRA, Francisco Edevaldo Monte. O papel do educador em atividades de experimentação no ensino de química. 2017. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2017.
Resumo: O Ensino de Química através da experimentação tem sido historicamente marcado pela transmissão de conteúdos rigidamente estabelecidos, que inviabilizam a participação dos estudantes e cauteriza a reflexão acerca dos fenômenos observados. Um dos responsáveis, dentre outros, por esse processo gélido e desestimulador pode ser o educador. Esse trabalho teve como objetivo investigar como o professor identifica seu papel ao realizar a experimentação nas aulas de química do Ensino Médio. Os dados foram coletados utilizando um questionário com questões abertas e fechadas e, a partir da análise desses dados, foi possível observar que a formação inicial desses professores reflete em sua atuação profissional docente.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, 2017.
Aparece na Coleção:Ciências Naturais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons