Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1803
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_DavidMenezesdasNeves.pdf2,81 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Caracterização da produção e comercialização de maracujá na região do Pipiripau, Distrito Federal
Autor(es): Neves, David Menezes das
Orientador(es): Peixoto, José Ricardo
Assunto: Maracujá
Produtividade agrícola
Produtos agrícolas - comercialização
Data de apresentação: 11-Jul-2011
Data de publicação: 11-Ago-2011
Referência: NEVES, David Menezes das. Caracterização da produção e comercialização de maracujá na região do Pipiripau, Distrito Federal. 2011. 73 f., il. Monografia (Bacharelado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: O maracujá é um fruto tropical, rico em vitaminas e sais minerais. É utilizado tanto como fonte de vitaminas como na indústria farmacêutica na fabricação composto fisioterápicos. O Brasil se destaca como o maior produtor e consumidor do fruto. O desenvolvimento adequado para a cultura do maracujá, devem ser observado aspectos ambientais como temperaturas, comprimento de dia, precipitações, vento e umidade, e também as práticas culturais como material genético plantado, espaçamento, recomendação de adubação, irrigação, polinização, controle de pragas e doenças e a comercialização. Este trabalho foi realizado para caracterizar a produção e a comercialização de ma região produtora de maracujá, observando aspectos ambientais, agronômicos e sociais. Para a caracterização foi avaliada a região do Pipiripau, localizada na zona rural da cidade satélite de Planaltina 0no Distrito Federal e obtenção de informações foi dividida em três etapas. A primeira com o levantamento de dados dos produtores, com aplicação de questionário relativo à produção e comercialização de maracujá, em seguida georreferenciamento dos pomares e da região e por fim o levantamento de dados da região e do maracujazeiro. Na caracterização da região, foi observado existe um período de entre safra devido a fatores climáticos e que a maioria dos produtores da região planta novos híbridos de maracujá, utiliza-se espaçamentos adensados, irrigação localizada e realiza a polinização manual e que os produtores são agricultores familiares com experiência na produção de maracujá. Conclui - se, então, que aspectos climáticos impossibilitam a produção do maracujazeiro por todo o ano, e que práticas agronômicas adotada pelos por grande parte dos produtores aumentam a produtividade da região.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinára, 2011.
Aparece na Coleção:Agronomia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons