Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17928
Título: A formação do Oficial R2 no Exército Brasileiro : estudo de caso do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva do Batalhão da Guarda Presidencial no ano de 2016 (NPOR – BGP – 2016)
Autor(es): Santos, Ricardo Queiroz Lobato
Orientador(es): Gusmão, Luís Augusto Sarmento Cavalcanti de
Assunto: Exército brasileiro
Oficiais - formação
Educação militar
Data de apresentação: 30-Jun-2017
Referência: SANTOS, Ricardo Queiroz Lobato. A formação do Oficial R2 no Exército Brasileiro: estudo de caso do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva do Batalhão da Guarda Presidencial no ano de 2016 (NPOR – BGP – 2016). 2017. 91 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O objetivo deste trabalho é analisar o processo formativo do oficial da reserva do Exército Brasileiro, oriundo dos Núcleos de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR). Foi examinada sua formação, e também como esses profissionais oriundos dos Órgãos de Formação de Oficiais da Reserva (OFOR) se situam dentro do Exército Brasileiro. Para realizar esta tarefa foi feito um estudo de caso, tendo por base a turma do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva do Batalhão da Guarda Presidencial (NPOR –BGP) no ano de 2016. Também foram visitados outros NPORs, além de diversas organizações militares do Exército Brasileiro. O estudo foi efetuado por meio de uma análise das atividades desenvolvidas em um NPOR, atividades que visam transformar, no período de um ano, estudantes universitários em oficiais do Exército – homens que ao final do Ano de Instrução estarão aptos a comandar. Num primeiro momento, promove-se uma reconstrução histórica da criação do oficial da reserva do Exército Brasileiro, com base numa pesquisa bibliográfica e documental. Em seguida, é apresentado um relato etnográfico baseado num trabalho de campo, no qual foi possível observar de perto as atividades desenvolvidas no processo de formação do oficial R2. Nesta etapa, realizaram-se também algumas entrevistas com alunos e oficiais. O estudo busca compreender qual o elemento – ou elementos – responsável (eis) pela transformação de civis em comandantes militares.
Abstract: The objective of this work is to analyze the formative process of the Brazilian Army Reserve Officer graduated in the Reserve Officer‟ Training Corps (ROTC). It was analyzed their training process, and how these professionals from the ROTC are located within the Brazilian Army. In order to carry out this task, a case study was made, based on the Class of the Presidential Guard Battalion ROTC in the year of 2016 (NPOR/BGP/2016). Other ROTC have also been visited, as well as several other Brazilian Army military organizations. The study was carried out through an analysis of the activities carried out in a ROTC, activities that aim to transform, in a period of one year, university students into Army officers. Men who at the end of the Instruction Year will be able to command. At first, it has been done an historical reconstruction of the creation of the ROTC system in the Brazilian Army, based on a bibliographical and documental research. In sequence, an ethnographic description is presented, based on a field work, where it was possible to closely observe the activities developed during the ROTC Officer Formation process. On this phase, interviews were conducted with Cadets and Officers. The study seeks to understand which element – or elements – is responsible for transforming civilians into military commanders.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2017.
Aparece na Coleção:Ciências Sociais - Sociologia

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_RicardoQueirozLobatoSantos.PDF2.18 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons