Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17873
Título: Polimorfismo do gene CHGA e associações com manifestações clínicas em pacientes com Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico e/ou Aneurisma
Autor(es): Santos Júnior, Joanilson Cabral Martins dos
Orientador(es): Silva, Izabel Cristina Rodrigues da
Assunto: Aneurisma intracerebral
Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico (AVEH)
Polimorfismo (Genética)
Data de apresentação: 6-Dez-2016
Referência: SANTOS JÚNIOR, Joanilson Cabral Martins dos. Polimorfismo do gene CHGA e associações com manifestações clínicas em pacientes com Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico e/ou Aneurisma. 2016. 44 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Farmácia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O estudo da associação entre polimorfismos do gene CHGA e sua influência no desencadeamento de acidente vascular encefálico hemorrágico (AVEH) e aneurisma intracerebral tem sua importância quanto ao entendimento da patologia, que é multifatorial, para se obter dados que auxiliem no desenvolvimento de estudos clínicos e possível reversão e prevenção da situação patológica. Além dos riscos já recorrentemente aceitos sobre doenças vasculares, há uma crescente evidência da cromogranina sobre o papel genético na patofisiologia do AVEH e aneurisma. O gene CHGA também chamado de Secretogranina, é um grupo de proteínas presente em vários tipos de tecidos neuroendócrinos. É um marcador tumoral com grande utilidade em neoplasias endócrinas. Tem-se mostrado também como um importante marcador biológico das atividades simpáticas nervosas, e como prognóstico de doenças cardiovasculares. Assim, o presente estudo teve como objetivo verificar a frequência do polimorfismo Glu264Asp CHGA em uma amostra populacional de indivíduos brasileira do DF. Tratou-se de um estudo caso-controle de base populacional, no qual foram coletadas amostras de sangue destes grupos e submetidos a técnica laboratorial de PCR-RFLP para a genotipagem da amostra. Foi observada ausência de genótipo CC do polimorfismo Glu264Asp CHGA nos participantes do estudo e uma presença significativa do genótipo heterozigoto GC. No entanto, a distribuição dos genótipos não diferiu estatisticamente nos grupos. Quanto à distribuição, dentro do grupo caso, de fatores epidemiológicos como idade, sexo, HAS, diabetes, tabagismo e etilismo, não se observou associação estatística com o polimorfismo do gene CHGA. Também não houve esta associação com as avaliações do prognóstico do paciente medido nas diferentes escalas. Portanto, o polimorfismo Glu264Asp CHGA parece não contribuir para a gênese da expressão de uma proteína cromogranina A neste grupo de pacientes, e que então, não seria o embasamento para compreender porque esta proteína é um biomarcador desta doença cardiovascular.
Abstract: The study of the association between CHGA gene polymorphisms and its influence on the onset of hemorrhagic stroke and intracerebral aneurysm has its importance in understanding the pathology, which is multifactorial, in order to obtain data that aid in the development of clinical studies and possible reversal and prevention of the pathological situation. In addition to the already accepted risks of vascular diseases, there is increasing evidence of chromogranin on the genetic role in the pathophysiology of AVHR and aneurysm. The CHGA gene also called Secretogranine, is a group of proteins present in several types of neuroendocrine tissues. It is a tumor marker with great utility in endocrine neoplasms. It has also been shown to be an important biological marker of nerve sympathetic activities and as a prognosis of cardiovascular diseases. Thus, the present study aimed to verify the frequency of the Glu264Asp CHGA polymorphism in a Brazilian population population sample of the Federal District. It was a population-based case-control study in which blood samples were collected from these groups and submitted to laboratory technique PCR-RFLP for sample genotyping. There was observed absence of CC genotype of the Glu264Asp CHGA polymorphism in the study participants and a significant presence of the genotype heterozygous GC However, the distribution of genotypes did not differ statistically in the groups. As to the, distribution, within the case group, of epidemiological factors such as age, sex, hypertension, diabetes, smoking and alcoholism, no statistical association was found with the CHGA gene polymorphism. Therefore, the Glu264Asp CHGA polymorphism does not seem to contribute to the genesis of the expression of a chromogranin A protein in this group of patients, and that, therefore, it would not be the basis for Understand why this protein is a biomarker of this cardiovascular disease.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2016.
Informações de Acesso e Conteúdo: Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo disponível: Resumo, Abstract, Introdução, Justificativa, Objetivos e Referências.
Coorientador(es): Cipriano, Vivian Taís Fernandes
Aparece na Coleção:Farmácia

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_JoanilsonCabralSantosJunior_PARCIAL.pdf143.04 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons