Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1782
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_LouizielKarlaLemosVilarinho.pdf461,92 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Banco de germoplasma vegetal como uma alternativa ao ensino de botânica
Autor(es): Brito, Louiziel Karla Lemos Vilarinho de
Orientador(es): Gurgel, Bruno Saback
Assunto: Botânica - estudo e ensino
Ensino - meios auxiliares
Germoplasma vegetal - recursos
Data de apresentação: 11-Jun-2011
Data de publicação: 8-Ago-2011
Referência: BRITO, Louiziel Karla Lemos Vilarinho de. Banco de germoplasma vegetal como uma alternativa ao ensino de botânica. 2011. 31 f. Monografia (Licenciatura em Ciências Biológicas)-Consórcio Setentrional de Educação a Distância, Universidade de Brasília, Universidade Estadual de Goiás, Brasília, 2011.
Resumo: A realidade demonstra que o ensino de Botânica é uma área da Biologia muito carente de alternativas de ensino que motivem o interesse dos alunos pela aprendizagem. Por isso é necessário a implementação de práticas pedagógicas que inovem esse sistema e estimulem o interesse dos alunos pela aprendizagem. Desta forma o objetivo deste trabalho é apresentar uma alternativa de atividade prática diferenciada, utilizando os bancos de germoplasma vegetal. A proposta é que o professor desenvolva junto com sua turma um projeto de coleta, em uma propriedade particular e com fins didáticos, de sementes ortodoxas da espécie característica do Cerrado, a Myracroduon urundeuva, popularmente conhecida como Aroeira. Depois essas sementes serão entregues ao acervo do Banco de Germoplasma do Centro Nacional de Pesquisa de Recursos Genéticos e Biotecnologia, o Cenargen, na Embrapa. Para isso, ao longo do trabalho, é tratado sobre conceitos, origem, tipologia e importância dos Bancos de germoplasmas vegetal além de apresentar exemplos de bancos existentes no Brasil e no mundo, e citando também um pouco sobre o processo de coleta. Em seguida, é apresentado um sucinto histórico do ensino de Biologia, relatando também as dificuldades concernentes ao processo de ensino-aprendizagem em Botânica. Por fim, o tópico discussão e conclusão debate as falhas desse sistema tradicionalista de ensino e sugere que a utilização de Bancos de germoplasma vegetal como uma alternativa ao ensino de Botânica pode romper com a idéia do ensino contemplativo assegurando um processo de ensino-aprendizagem eficaz.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Consórcio Setentrional de Educação a Distância, Universidade de Brasília, Universidade Estadual de Goiás, Curso de Licenciatura em Biologia a Distância, 2011.
Aparece na Coleção:Ciências Biológicas



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons