Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17667
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_ AlliceFerreiraLopes_tcc.pdf3,37 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Normas de acessibilidade e museus do Governo do Distrito Federal : identificação e análise das avaliações de gestantes e puérperas
Autor(es): Lopes, Allice Ferreira
Orientador(es): Gomes, Ana Lúcia de Abreu
Assunto: Museus
Governo do Distrito Federal (GDF)
Museus - acessibilidade
Mulheres grávidas
Data de apresentação: 4-Jul-2016
Data de publicação: 3-Ago-2017
Referência: LOPES, Allice Ferreira. Normas de acessibilidade e museus do Governo do Distrito Federal: identificação e análise das avaliações de gestantes e puérperas. 2016. 119 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Museologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Este estudo tem como foco principal a avaliação de grupo de gestantes e puérperas sobre mobilidade e barreiras arquitetônicas em edificações de uso público tendo como critério a norma da ABNT NBR 9050:2015. Possui etapa com análise quantitativa e outra etapa com análise qualitativa, sendo uma pesquisa mista. Foi realizado um levantamento documental para apresentar um breve histórico dos museus do Governo do Distrito Federal (GDF) e um levantamento bibliográfico para contextualização das normas e legislações brasileiras sobre acessibilidade, bem como aspectos históricos e sociais da gestação e puerpério. Ainda foi feita uma coleta e análise de dados dos formulários preenchidos entre março e maio de 2016 por um grupo de mulheres que viveram a experiência da gestação e puerpério e por fim conferência dos critérios mencionados nas edificações dos museus do GDF. Como resultado houve a percepção de que gestantes e puérperas necessitam de acessibilidade específica, e esta não é contemplada como obrigatória pela Norma citada e não aplicadas pelas instituições visitadas, que em alguns casos estão dentro dos critérios normativos mas não acolhem satisfatoriamente gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo, no geral.
Abstract: Identifies an evaluation of the group of women who are experienced the pregnancy and puerperal cycle, in terms of mobility and architectonic barriers in public buildings, standardized by ABNT NBR 9050:2015 technical rule. This is a mixed research with a quantitative analysis as one step and a qualitative analysis as another one. This work was based on a research on documents for the exposition of a brief historical of museums of the Governo do Distrito Federal (GDF), a bibliographic research on the context of the Brazilian rules and laws about accessibility, as well as social and historical aspects of pregnancy and puerperium, a collection and analysis of data on fulfilled forms between march and may 2016 by a group of women that experienced both pregnancy and puerperium and, at least, a checking of the criteria mentioned above in the buildings of the museums of GDF. As a result, there was a perception that women who are pregnant or puerperal would need specific accessibility that are not categorized as mandatory by the norm and that were not applied by the visited institutions, which, in some cases, fulfill the normative criteria, but do not receive, in general, pregnant, breastfeeding and puerperal women in a satisfactory way.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Curso de Graduação em Museologia, 2016.
Aparece na Coleção:Museologia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons