Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17601
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_MichaelCavalcanteLima.pdf887,57 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Medidas experimentais do pH de alguns materiais do cotidiano citados nos livros de química do PNLD 2015
Autor(es): Lima, Michael Cavalcante
Orientador(es): Silva, Roberto Ribeiro da
Assunto: Ciências - estudo e ensino
Livros didáticos
Química
Data de apresentação: 7-Jul-2017
Data de publicação: 2-Ago-2017
Referência: LIMA, Michael Cavalcante. Medidas experimentais do pH de alguns materiais do cotidiano citados nos livros de química do PNLD 2015. 2017. 41 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em Química)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Existem uma série de fatores que mostram a existência de problemas no Ensino de Ciências tanto no Brasil quanto em outros países pelo mundo. A falta de capacitação por parte dos professores faz com que, por falta de uma abordagem diferenciada em sala de aula, a ciência se distancie muito da realidade dos estudantes. Talvez se os professores explorassem um pouco mais as situações que fazem parte da vivência do aluno e os fizessem refletir para buscar compreensão a respeito dos fenômenos que acontecem a sua volta, haveria um certo avanço na redução desses problemas. Muitos acreditam que a experimentação é a solução para os problemas no ensino, porém esse pensamento é equivocado, pois a experimentação por si só não estimula o aprendizado. O simples fato dos alunos se deslocarem da sala de aula para o laboratório para realizar uma atividade experimental não os fará aprender ciência. Com base nessa discussão, foram realizadas análises em quatro livros didáticos aprovados no PNLD de 2015 a fim de verificar os exemplos de materiais ácidos e básicos citados em cada um, pois muitas vezes não se conhece o pH dos exemplos mais comuns. Foi feita uma proposta de atividade experimental para atestar a veracidade das informações dispostas nos livros. Essa atividade pode muito bem ser utilizada por professores do ensino básico como uma atividade investigativa, despertando o interesse nos alunos em preparar o próprio material de teste e discutir os resultados obtidos comparando com os dados apontados nos livros didáticos.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2017.
Aparece na Coleção:Química



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons