Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17542
Título: Mediación de la Liga de las Naciones en la Guerra del Chaco : una aproximación a las explicaciones de su fracaso
Autor(es): Borba Vargas, Celia Analía
Orientador(es): Penna Filho, Pio
Assunto: Conflitos armados
Guerra
Chaco, Guerra do, 1932-1935
Paraguai - história
Bolívia - história
Data de apresentação: 2016
Referência: BORBA VARGAS, Celia Analía. Mediación de la Liga de las Naciones en la Guerra del Chaco: una aproximación a las explicaciones de su fracaso. 2016. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A Guerra do Chaco (1932 - 1935) foi o maior conflito armado internacional da América Latina no século XX. Diversas gestões pacificadoras foram realizadas para conciliar às partes e alcançar a paz. Uma delas foi a Liga das Nações. O fracasso da sua gestão pode ser explicado como uma combinação de fatores: a própria fraqueza da organização internacional; a existência de vários atores mediadores; motivações internas dos beligerantes, tais como posturas jurídicas sobre a questão territorial, as circunstâncias conjunturais na frente de batalha, assim como a pressão da opinião pública.
Abstract: The 'Chaco War' (1932- 1935) was the most critical armed conflict in Latin America in the XXth century. A number of conciliatory efforts were made to bring the parties of the war together and achieve peace. One of them was the attempt made by the League of Nations. However, the failure of the League‟s intervention can be explained as a result of a number of factors: the weakness of the institution itself; the fact that there were several mediating centers; domestic motivations of the belligerent parties, such as the juridical position with regards to the territorial dispute, the circumstances at the battlefield at the time, as well as pressure from public opinion.
Resumén: La Guerra del Chaco (1932 – 1935) fue el mayor conflicto armado internacional de América Latina en el siglo XX. Diversas gestiones pacificadoras se emprendieron para conciliar a las partes y lograr la paz. Una de ellas fue la de la Liga de las Naciones. El fracaso de su gestión puede explicarse como el resultado de una suma de factores: la propia debilidad de la organización internacional; la existencia de varios centros mediadores; motivaciones domésticas de los beligerantes, como ser las posturas jurídicas sobre la cuestión territorial, las circunstancias coyunturales en el frente de batalla, así como la presión de la opinión pública.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XVII Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2016.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_CeliaAnaliaBorbaVargas_tcc.pdf341.99 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons