Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17526
Título: Um estudo sobre a presença de preconceito contra homossexuais entre os estudantes da Faculdade de Educação na Universidade de Brasília - UnB
Autor(es): Lima Junior, José Alves de
Orientador(es): Gerber, Diana Mara
Assunto: Homossexualismo
Homofobia
Preconceitos e antipatias
Preconceito no ambiente universitário
Universidade de Brasília (UnB)
Universidade de Brasília (UnB) - comunidade acadêmica
Data de apresentação: 2015
Referência: LIMA JUNIOR, José Alves de. Um estudo sobre a presença de preconceito contra homossexuais entre os estudantes da Faculdade de Educação na Universidade de Brasília-UnB. 2015. 38 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos no Contexto da Diversidade Cultural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A homossexualidade é um fato histórico. Os homossexuais sempre estiveram presentes na história da humanidade e dela fizeram parte, sempre, e nela interviram. Notou-se avanço científico ao não mais se considerar a homossexualidade como uma patologia, mas como uma vertente do direito de personalidade e de liberdade sexual. Num universo onde se busca fazer valer a importância do ser humano e de seus direitos pessoais fundamentais, garantindo à todos igualdade perante a Lei Maior e perante todo o ordenamento jurídico, destaca-se, no âmbito educacional, uma tendência cada vez mais frequente de promover e salvaguardar o direito a diferença, inerentes a toda e qualquer pessoa desde o nascimento. Para transformar a educação em um espaço para a cidadania é necessário discutir a presença do preconceito contra homossexuais no meio acadêmico e a capacitação de profissionais para compreenderem as dinâmicas de desenvolvimento das sexualidades visando não impetrar contra elas preconceitos advindos de uma imagem errônea e intolerante da sexualidade.
Abstract: Homosexuality is a historical fact. Homosexuals have always been present in human history and it took part, always, and it intervened. It was noted scientific advances to no longer consider homosexuality as a pathology but as an aspect of personality rights and sexual freedom. A universe where one seeks to assert the importance of human beings and their fundamental rights of individuals, ensuring to everyone equality before the Higher Law and before all law, stands out in the education sector, an increasingly frequent tendency to promote and safeguard the right to difference, inherent to each and every person from birth. To transform education into a space for citizenship is necessary to discuss the presence of prejudice against homosexuals in academia and the training of professionals to understand the sexualities development dynamics aiming not have standing to bring against them prejudices arising from an erroneous and intolerant image of sexuality.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Coordenação dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, 2015.
Aparece na Coleção:Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_JoseAlvesdeLimaJunior_tcc.pdf624.4 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons