Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17497
Título: Os efeitos do olhar da mídia massiva sob a perspectiva do aluno do CEF 33 de Ceilândia
Autor(es): Luz, Márcia Regina Reis da
Orientador(es): Barrenechea, Cristina Azra
Assunto: Violência na escola
Televisão - transmissão
Educação - Distrito Federal
Data de apresentação: 19-Dez-2015
Referência: LUZ, Márcia Regina Reis da. Os efeitos do olhar da mídia massiva sob a perspectiva do aluno do CEF 33 de Ceilândia. 2015. 64 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Coordenação Pedagógica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Esta pesquisa investigou como um evento de violência que ocorreu na escola CEF 33 situada em Brasília, Distrito Federal, Brasil, foi percebido pelos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. Em julho de 2015, vândalos invadiram a escola, destruíram uma sala de recursos pedagógicos e fizeram várias ameaças à equipe gestora. Esse evento foi veiculado por vários dias na televisão. O que será analisado aqui é o impacto que essa representação da escola feita pela mídia televisiva sobre esse evento específico deixou nos alunos. Como alguns teóricos afirmam a exposição de crianças a conteúdo violento pode deixar várias sequelas como mudança de comportamento, traumas, stress, reprodução da violência entre outros. O objetivo geral da pesquisa é identificar como a imagem da escola veiculada pela mídia afetou os alunos sobre sua vida escolar. A metodologia usada foi o Estudo de Caso com entrevistas abertasem áudio aplicado em um universo de 35 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. A entrevista aberta (por meio de degravação) com os alunos versou sobre temas que envolvessem a televisão, violência, comportamento e percepção deles sobre a escola antes e depois do episódio da violência. A seguir, uma análise qualitativa do discurso dos discentes foi feita. Os resultados apontaram que a violência já é algo naturalizado por eles, de forma direta no discurso quanto implícita, salvo algumas exceções. Em contrapartida, alguns assinalaram sentimentos importantes como medo, vergonha, insegurança e apontaram, em ampla maioria, que as mudanças visuais que a escola passou após a situação-problema com a chegada de um interventor e policiamento na portaria foram muito importantes.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Ministério da Educação, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Centro de Formação Continuada de Professores, Secretaria de Educação do Distrito Federal, Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação, Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica, 2015.
Aparece na Coleção:Coordenação Pedagógica

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_MarciaReginaLuz_tcc.pdf429.57 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons