Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17470
Título: O processo criativo de Rogério Terra no Projeto de Educação Ambiental : Xerimbabo 2015 sob o olhar de alunos do Ensino Fundamental II
Autor(es): Santos, Renata Cristina dos
Orientador(es): Cordeiro, Marisa Araújo
Assunto: Artes visuais - processos criativos
Educação ambiental
Processo de criação
Data de apresentação: 2015
Referência: SANTOS, Renata Cristina dos. O processo criativo de Rogério Terra no Projeto de Educação Ambiental : Xerimbabo 2015 sob o olhar de alunos do Ensino Fundamental II. 2015. 32 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em Artes Visuais)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Ipatinga, 2015.
Resumo: Este estudo teve como principal objetivo conhecer e apresentar o processo de criação artístico de Rogério Terra para a exposição do projeto de educação ambiental - Xerimbabo 2015 bem como o modo como alunos de Ensino Fundamental II fizeram a leitura de suas obras. Como metodologia foi utilizada a pesquisa de campo, realizada a partir de entrevista com o artista e a proposta de produções textuais feitas por alunos visitantes da exposição a respeito das obras observadas. A discussão foi baseada nas ideias de alguns autores sobre processos de criação, artes visuais e educação ambiental. Entre as ideias apontadas pelos autores destacam-se a participação do público que continua dando forma à obra após a criação e a forma como o artista se organiza para criar, constituindo sua poética, a qual é influenciada por experiências pessoais, sociais e culturais do mesmo. Durante a entrevista Rogério falou sobre seu processo criativo das obras Vida, Extinção dos Dinossauros e Metamorfose, que foram feitas para a exposição de 2015. Foi também sobre essas obras que os alunos escreveram. Os resultados apontaram que o modo como os alunos fizeram a leitura das esculturas foi diferente das intenções do artista em relação ao significado das mesmas. Além disso, eles estabeleceram relações importantes sobre a vida e o meio ambiente, propondo discussões que foram além do tema abordado. Assim, concluímos que o artista não tem propriedade sobre o modo como cada um observa e faz a leitura do seu trabalho e também que a arte é capaz contribuir com a formação de cidadãos conscientes e participativos no meio em que vivem.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Decanato de Ensino de Graduação, Programa UAB, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais, 2015.
Aparece na Coleção:Artes Visuais

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_RenataCristinaDosSantos_tcc.pdf949.16 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons