Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17334
Título: A ameaça da OTAN e a sobrevivência da Europa
Autor(es): Sousa, Sávio Aguiar de
Orientador(es): Vaz, Alcides Costa
Assunto: Organização do Tratado do Atlântico Norte
Países da União Européia
União Européia
Segurança nacional - Europa
Data de apresentação: 2015
Referência: SOUSA, Sávio Aguiar de. A ameaça da OTAN e a sobrevivência da Europa. 2015. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O presente trabalho objetiva analisar como a sobrevivência da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) no pós-Guerra Fria constitui a maior ameaça aos interesses e mesmo à segurança da própria Europa. A análise desenvolvida percorre toda extensão do processo de integração da Europa na área de defesa desde o imediato pós-Segunda Guerra Mundial até os dias atuais, na tentativa de lançar luz sobre como a situação se desdobrou até o cenário atual. O ensaio segue com a descrição de como os europeus percebem a Aliança Atlântica no período após 1991 e como a organização suplantou, já no inicio deste século, a União da Europa Ocidental (UEO), autêntico instrumento de defesa do Velho Continente. Então, é apontado como a OTAN se converteu de ferramenta de defesa a instrumento exclusivamente a serviço das políticas emanadas de Washington e como tal realidade representa uma ameaça aos interesses dos povos da Europa e à sua própria viabilidade e sobrevivência como civilização. Por fim, é proposta uma solução à problemática apresentada. São analisadas as atuais e as necessárias capacidades de defesa da União Europeia, como esta é capaz de garantir plenamente sua segurança e como somente assim a Europa pode ser plenamente livre na defesa dos seus cidadãos, interesses e valores.
Abstract: This paper aims to analyze how the survival of the North Atlantic Treaty Organization (NATO) in the post-Cold War era constitutes the greatest threat to Europe´s interests and security. It analyses all the extension of Europe´s integration process in the defense field since the immediate post-World War II to the present day in an attempt to understand how the situation has been unfolded so far. It also describes how the Europeans perceive the Atlantic Alliance after 1991 and how the organization supplanted, in the beginning of this century, the Western European Union (WEU), which was the authentic instrument of defence of the Old Continent. So, it is appointed how NATO was converted itself from a defence tool to an exclusive instrument of Washington´s policy and how this reality poses a threat to the interest of the peoples of Europe and its own viability and survival as a civilization. Finally, a solution to the problems is presented. The current and the necessary Europe´s defence capabilities are analyzed, how it´s fully able to guarantee its own safety and how it´s the only way Europe can be fully free to defend its citizens, interests and values.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XVII Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2015.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_SavioAguiardeSousa_tcc.pdf910.38 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons