Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17300
Título: A inclusão de padrões trabalhistas nos acordos de livre comércio : entre protecionismo e os direitos humanos
Autor(es): Andrade, Marilia Rodrigues Borges
Orientador(es): Penna Filho, Pio
Assunto: Acordo de Livre Comércio (ACL)
Protecionismo
Direitos dos trabalhadores
Data de apresentação: 2016
Referência: ANDRADE, Marilia Rodrigues Borges. A inclusão de padrões trabalhistas nos acordos de livre comércio: entre protecionismo e os direitos humanos. 2016. 29 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Os direitos dos trabalhadores estão presentes na agenda internacional e estão interligados com os direitos humanos. Garantir a proteção desses direitos é de extrema importância e, desta forma, nos últimos anos há uma preocupação em relacionar esses direitos no comércio internacional. Embora o órgão responsável pelas questões trabalhistas seja a Organização Internacional do Trabalho esta não possui poder algum de forçar o cumprimento dos padrões que foram estabelecidos ou julgar aqueles países que cometeram violações. Durante os últimos anos, principalmente por parte dos Estados Unidos que estabelecem como prioridade de sua política de comércio a proteção dos direitos dos trabalhadores, há a tentativa de estabelecer uma maior obrigatoriedade quanto as questões trabalhistas no plano econômico, porém várias questões surgem em torno das negociações sobre a inclusão de padrões trabalhistas nos acordos de livre comércio.
Abstract: Workers' rights are present on the international agenda and are connected with human rights. Ensure the protection of these rights is extremely important and, therefore, in recent years there is a concern to relate these rights in international trade. Although the authority responsible for labour issues is the International Labour Organization, it does not possess any power to force compliance with the standards that have been established or judge those countries who have committed violations. Over the past years, mainly from the United States, there is a priority to establish a trade policy protection of workers' rights. There is an attempt to establish a greater obligation as labour issues on the economic level, but several questions arise around negotiations on the inclusion of labour standards in free trade agreements.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XVII Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2016.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_MariliaRodriguesBorgesAndrade_tcc.pdf461.66 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons