Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/17276
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_AriadneHamamotoSobral_tcc.pdf20,03 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Visualizando teias de pensamento : diagramas epistemológicos do paradigma feminista e paradigma patriarcal
Outros títulos: Diário Lunar : uma ferramenta para empoderar as mulheres e o feminino
Autor(es): Sobral, Ariadne Hamamoto
Orientador(es): Santos, Fátima Aparecida dos
Jardim, Symone Rodrigues
Assunto: Programação visual (Computação)
Design
Feminismo
Data de apresentação: 4-Jul-2016
Data de publicação: 27-Jun-2017
Referência: SOBRAL, Ariadne Hamamoto. Visualizando teias de pensamento: diagramas epistemológicos do paradigma feminista e paradigma patriarcal; Diário Lunar: uma ferramenta para empoderar as mulheres e o feminino. 2016. 91 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Desenho Industrial)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Este projeto parte de uma base de lançamento diferenciada. Pretende-se olhar novamente para o que é design, como é o processo de design e o que são produtos de design a partir de questionamentos que surgem ao olhar para a desigualdade e desequilíbrio do mundo. Enquanto designer e mulher, minha missão é buscar voz, espaço e ação feminina dentro do design, na sua concepção, no desenrolar do seu processo e nos seus resultados. Guiada pelas fases e ritmo do meu ciclo menstrual, o projeto rodopiou pelas fases de Sonhar, Planejar, Realizar e Celebrar. O projeto brota na teoria, no mundo das ideias e do paradigma que as organizam, passando por um processo de mapeamento desse território. E o projeto dá seus frutos no mundo material, resultando em livros-objetos; o primeiro pretente provocar a mente, o segundo pretente instigar o corpo. Cruzando as fronteiras entre design de produto e desgin gráfico, entre teoria e prática, entre o material e o imaterial, esse projeto pretende explorar essa dialética com uma visão feminina/feminista, partindo da complexidade visual e da representação de redes como ferramentas que permite organizar, estruturar e apresentar visualmente a rede de conhecimento que é tecida com as informações. Em um desdobramento dessa teoria e de uma nova base de pensamento, materizaliza- se o produto, sendo o livro-objeto seu suporte, e que traz consigo o universo das possibilidades de representação de ideias filosóficas por meio de metáforas geométricas e pictóricas, uma poética da relatividade e liberdade de pensamento. E gerou-se também um livro-objeto que tem como objetivo explorar a conexão das mulheres com a menstruação, com a intenção de fortalecer o feminino e as mulheres, por meio de autoconhecimento e autonomia. Produto este que é a práxis da teoria, da nova base de pensamento.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Design, 2016. Relatório dos projetos de diplomação em Design, nas habilitações de Programação Visual e Projeto de Produto.
Aparece na Coleção:Desenho Industrial - Programação Visual
Desenho Industrial - Projeto do Produto



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons