Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/16998
Título: Estudo do índice de desempenho da nanossílica estabilizada em superplastificante adicionada a materiais cimentícios
Autor(es): Castro, Guilherme Freitas
Souza, Matheus dos Santos de
Orientador(es): Rêgo, João Henrique da Silva
Assunto: Nanopartículas
Cimento
Data de apresentação: 8-Dez-2016
Referência: CASTRO, Guilherme Freitas; SOUZA, Matheus dos Santos de. Estudo do índice de desempenho da nanossílica estabilizada em superplastificante adicionada a materiais cimentícios. 2016. xi, 104 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Engenharia Civil)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Nos últimos anos, o uso de nanopartículas em materiais cimentícios tem recebido atenção especial com o propósito de fabricar materiais com novas funcionalidades. Entre as nanopartículas de uso comum em materiais cimentícios está a nanossílica, no entanto, há divergências na literatura científica vigente no que diz respeito às condições de mistura, à formulação, ao seu percentual de substituição ao cimento, aos seus respectivos efeitos nas propriedades das pastas de cimento Portland e, ainda, à sua dispersão na matriz cimentícia. Neste contexto, este trabalho trata do estudo do índice de desempenho da nanossílica estabilizada em superplastificante adicionada em argamassa de cimento Portland, ou seja, um superplastificante com nanossílica estabilizada em sua composição. O programa experimental proposto inicia com a seleção e caracterização dos materiais; em seguida trata do efeito da adição estudada nas argamassas em estado fresco e por fim trata de determinar o índice de desempenho dos traços estabelecidos: a) Argamassa de referência sem adições, b) Argamassa com adição de nanossílica estabilizada em superplastificante, com teores de 0,5%,1%,1,5% e 3% em adição ao cimento Portland e c) Argamassa com adições de 10% sílica ativa em substituição ao cimento Portland e nanossílica estabilizada em superplastificante, com teores de 0,5%,1% e 1,5% em adição ao cimento Portland. Para determinação do índice de desempenho foi utilizado como base a norma NBR 13956-3 (ABNT, 2012) com adaptações, pois esta norma trata apenas da determinação do índice de desempenho de adições de sílica ativa. Com relação às argamassas no estado fresco, a adição de nanossílica estabilizada em superplastificante demonstrou ser eficaz no aumento da trabalhabilidade, representada pelo aumento do espalhamento das argamassas ensaiadas. Já nos resultados de resistência mecânica, observou-se que a adição de nanossílica estabilizada em superplastificante não apresentou resultados esperados quanto ao aumento da resistência à compressão axial simples, porém, observou-se aumento da resistência à tração por compressão diametral. Na compressão, foi observado uma tendência de aumento do índice de desempenho até 7 dias e uma posterior queda no resultado de 28 dias. Constatou-se também que os melhores resultados de aumento de resistência mecânica foram obtidos com a adição de sílica ativa somente, porém, com a consequente diminuição da trabalhabilidade das argamassas.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2016.
Coorientador(es): Capuzzo, Valdirene Maria Silva
Aparece na Coleção:Engenharia Civil

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_GuilhermeCastro_MatheusSouza_tcc.pdf2,6 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons