Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/16848
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_PatriciaMeiraGomes_tcc.pdf556,24 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Coordenador pedagógico e professor : quais os critérios que regem essa relação
Autor(es): Gomes, Patrícia Meira
Orientador(es): Machado, Liliane Campos
Coorientador(es): Diniz, Sônia Regina
Assunto: Professores
Coordenadores pedagógicos
Gestão escolar democrática
Data de apresentação: 19-Dez-2015
Data de publicação: 11-Mai-2017
Referência: GOMES, Patrícia Meira. Coordenador pedagógico e professor: quais os critérios que regem essa relação. 2015. 44 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Coordenação Pedagógica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo analisar a relação professor e coordenador no contexto da escola democrática. A investigação é voltadapara os critérios utilizados pelos professores para efetivamente realizar o trabalho coletivo, que tem o coordenador como principal articulador. Na primeira parte é realizada uma revisão sobre os estudos que buscam definir o perfil profissional do coordenador na atualidade e o lugar que essa função ocupa dentro de uma nova perspectiva de gestão indicada pela democratização do espaço escolar. Posteriormente, é realizado um estudo de caso que através de uma abordagem qualitativa, constatou que os professores utilizam as necessidades individuais como critério para verificar se as proposições da coordenação são pertinentes, revelando que, para o grupo pesquisado, o professor é a figura chave na escola. Não se registrou a preocupação do professor com a formação técnica ou a experiência de quem exerce a função de coordenação, entretanto as características pessoais e profissionais são verificadas com uma finalidade mais atrelada ao desejo de construção de um ambiente agradável de trabalho do que a preocupação com os resultados práticos no campo de trabalho. Verificou-se ainda que apesar da clareza em relação ao papel do coordenador pedagógico, o professor solicita a presença do coordenador, contudo acaba por transformá-lo em um prestador de serviços, estabelecendo assim uma relação de trabalho pautada no fazer para e não fazer com.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Ministério da Educação, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Centro de Formação Continuada de Professores, Secretaria de Educação do Distrito Federal, Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação, Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica, 2015.
Aparece na Coleção:Coordenação Pedagógica



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons