Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/16302
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_MilenaOsorioPedelhes_tcc.pdf1,02 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Os desafios da implementação do sistema de custos no governo federal, em face do processo produtivo do setor público e a autonomia dos poderes
Autor(es): Pedelhes, Milena Osorio
Orientador(es): Dantas, José Marilson Martins
Assunto: Administração pública
Setor público - sistema de custos
Autonomia
Setor público
Data de apresentação: 23-Nov-2016
Data de publicação: 17-Mar-2017
Referência: PEDELHES, Milena Osorio. Os desafios da implementação do sistema de custos no governo federal, em face do processo produtivo do setor público e a autonomia dos poderes. 2016. 49 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Ciências Contábeis)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O objetivo geral deste estudo consistiu em compreender quais são os desafios do desenvolvimento do sistema de custos na Administração Pública, considerando o processo produtivo do setor público e a autonomia dos Poderes. Quanto a metodologia, é um estudo de abordagem qualitativa, proposto com o objetivo caracterizado como exploratório, utilizando-se para isso a pesquisa bibliográfica e o estudo de caso, valendo-se de entrevistas semi-estruturadas e questionários para amparar a análise. Constatou-se que tanto na literatura, na legislação, e na percepção dos entrevistados, há um consenso acerca da relevância da utilização da informação de custos na Administração Pública, e a existência de diversos desafios vinculados a sua implementação, em suma, justificados pelas peculiaridades do âmbito público. Contudo, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ao dispor a obrigatoriedade de adoção do sistema em todos Poderes, traz consigo o desafio de superar a autonomia desses entes quando da construção e implantação de um sistema de gestão, que ainda não foi abordado de forma suficiente, sendo este fato reconhecido nesta pesquisa. Sendo a resposta a esse desafio, a adesão de um único modelo teórico/conceitual de custos na Administração Pública.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais, Bacharelado em Ciências Contábeis, 2016.
Aparece na Coleção:Ciências Contábeis



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons