Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1619
Título: Sofrimento gerencial estudo exploratório no Superior Tribunal de Justiça
Autor(es): Wirth, Maria Fernanda Pinheiro
Orientador(es): Siqueira, Marcus Vinícius Soares
Assunto: Psicodinâmica do trabalho
Discurso organizacional
Satisfação no trabalho
Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Data de apresentação: 2008
Data de publicação: 25-Mar-2011
Referência: WIRTH, Maria Fernanda Pinheiro. Sofrimento gerencial estudo exploratório no Superior Tribunal de Justiça. 2008. 47 f. Monografia (Especialização em Gestão Judiciária)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Resumo: A linha de percurso para este estudo é investigar a organização do trabalho e a dinâmica subjacente às vivências de prazer-sofrimento em confronto com os valores e discurso organizacionais percebidos por profissionais de nível funcional gerencial. O cenário escolhido é o Superior Tribunal de Justiça, um órgão do judiciário federal. Adotamos ainda como pressuposto inicial que a vivência de prazer e de sofrimento coexiste e é inerente à relação de trabalho, havendo, contudo, uma predisposição ao sentimento de sofrimento, dada a realidade da organização de trabalho hoje. A análise deste tema transcorre inevitavelmente por vias sujeitas à polêmica sobre conceitos, hipóteses de causa e efeito e sobre a busca de opções. Não é pretensão desta investigação fornecer soluções, mas, sobretudo, sensibilizar para o específico e singular em termos de indivíduo, de grupo de trabalho e da cultura organizacional e, principalmente, reforçar a possibilidade do estudo do subjetivo nas situações de trabalho, sob proposta de metodologia qualitativa de pesquisa.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2008.
Aparece na Coleção:Gestão Judiciária

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_MariaFernandaPinheiroWirth.pdf154.4 kBAdobe PDFver/abrir


Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.