Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1611
Título: Análise do código compartilhado (codeshare) no contexto da globalização do transporte aéreo internacional
Autor(es): Tolfo, Juliana Durgante
Orientador(es): Sant'Anna, José Alex
Assunto: Aviação - companhias
Aeronáutica comercial
Direito aéreo
Data de apresentação: 23-Out-2009
Data de publicação: 23-Mar-2011
Referência: TOLFO, Juliana Durgante. Análise do código compartilhado (codeshare) no contexto da globalização do transporte aéreo internacional. 2009. 81 f. Monografia (Especialização em Gestão da Aviação Civil)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: As empresas aéreas buscam se adaptar a um modelo globalizado de comércio e transporte de passageiros. Neste dinamismo das relações sócio-econômicas de empresas e países, o código compartilhado tornou-se uma ferramenta de parceria comercial muito utilizada entre empresas de transporte aéreo, que pode se estabelecer se estiverem amparadas legalmente em acordos bilaterais ou através de autorizações unilaterais das autoridades de aviação civil envolvidas. Custos de operação, competitividade a nível mundial, inovação tecnológica no setor e superação de barreiras comerciais são alguns motivos pelos quais empresas aéreas buscam fazer parcerias, onde além do compartilhamento de códigos designadores, podem compartilhar facilidades e serviços nos aeroportos. Este estudo analisa o código compartilhado, as vantagens e desvantagens para os usuários e para as empresas aéreas e relaciona esse tipo de cooperação com os acordos bilaterais. Os objetivos são: analisar o código compartilhado e sua influência para a criação de serviços entre empresas parceiras e analisar a influência de que itens específicos sobre o código compartilhado contemplados em acordos bilaterais aumentem a oferta de serviços pelas empresas aéreas parceiras. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The airlines search to adapt to a global model of commerce and transport of passengers. In this context, the codeshare became a partnership commercial tool very used it, which can be established if it has been supported legally in bilateral agreements or through unilateral authorizations of the civil aviation authorities involved. Costs of operation, competitiveness, technological innovation and overcoming of trade barriers are some reasons for airlines search to make partnerships, where beyond the sharing of designating codes, they can share facilities and services in the airports too. This study analyzes the codeshare, its advantages and disadvantages for the users and airlines and relates this kind of cooperation with the bilateral agreements. The objectives are to analyze the codeshare and its influence for the creation of services and to analyze the influence of that specific item - codeshare - contemplated in bilateral agreements increases offer of services by the airlines partners.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Formação de Recursos Humanos em Transportes, 2009.
Aparece na Coleção:Gestão da Aviação Civil

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_JulianaDurganteTolfo.pdf484.74 kBAdobe PDFver/abrir


Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.