Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15859
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_SandraGoesFerreira_tcc.pdf642,77 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Práticas docentes que facilitam ou não o processo de inclusão de crianças com necessidades educacionais especiais na sala de aula regular
Autor(es): Ferreira, Sandra Goes
Orientador(es): Nogueira, Cleia Alves
Assunto: Inclusão escolar
Professores - prática profissional
Deficientes
Estudantes com necessidades educativas especiais
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 26-Jan-2017
Referência: FERREIRA, Sandra Goes. Práticas docentes que facilitam ou não o processo de inclusão de crianças com necessidades educacionais especiais na sala de aula regular. 2015. 53 f. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2015.
Resumo: O presente trabalho fala sobre as práticas docentes que facilitam ou não o processo de inclusão. Teve por objetivo analisar as práticas docentes que facilitam ou não o processo de inclusão. Fez-se levantamento bibliográfico para aprofundamento teórico a fim de construir conhecimentos relativos ao tema em questão, onde a revisão bibliográfica deu-se mediante leitura sistemática, de modo a ressaltar os pontos pertinentes ao assunto em estudo, abordados por diferentes autores. Este trabalho esta inserido no âmbito das pesquisas qualitativas, e foi construído através de informações obtidas por meio de questionários aplicados a professores de sala de aula regular e de salas de recursos. A pesquisa aconteceu em uma escola do Ensino Fundamental do setor público de Rio Branco – AC, sendo pesquisados 2 professores regentes que atuam com 2º e 5º anos, e 1 professora do atendimento educacional especializado (AEE). Esta pesquisa me proporcionou ainda a concepção dos aspectos teórico-metodológicos arrolados à inclusão no decorrer dos anos. Através dos dados coletados foi possível observar que ainda são muitas as dificuldades que permeiam o âmbito escolar, principalmente salas de aula regulares, com relação ao processo de inclusão. Ainda assim, é possível encontrar profissionais que buscam dar o melhor de si a cada dia para que a escola seja realmente de todos e para todos. Foi possível perceber que os avanços no campo da educação inclusiva estão acontecendo e que ainda há muito a ser feito nessa área.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Coordenação dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, Curso de Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar, 2015.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons