Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15852
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_RosaMariaOliveiraDaCunha_tcc.pdf677,95 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Aprendizado e desenvolvimento de crianças com Síndrome de Down : estratégias pedagógicas
Autor(es): Cunha, Rosa Maria Oliveira da
Orientador(es): Teperino, Ana Paula Pertussati
Assunto: Inclusão escolar
Down, Síndrome de
Educação inclusiva
Aprendizagem
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 26-Jan-2017
Referência: CUNHA, Rosa Maria Oliveira da. Aprendizado e desenvolvimento de crianças com Síndrome de Down: estratégias pedagógicas. 2015. 39 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2015.
Resumo: A inclusão pode ser definida como um modelo de educação que propõe escolas onde todos possam participar e sejam recebidos como membros valiosos delas. Esta pesquisa objetiva analisar e conhecer como ocorre o processo de aprendizagem e desenvolvimento de crianças com Síndrome de Down em uma escola de ensino regular da rede Estadual do município de Cruzeiro do Sul/Acre. Considera -se que as crianças com Síndrome de Down necessitam de estratégias pedagógicas que sejam capazes de lhes oportunizar o acesso ao conhecimento no processo de ensino, pois estas crianças, em virtude das limitações biológicas ocasionadas pela síndrome apresentam características próprias no processo de ensino e aprendizado, as quais devem ser consideradas pelo professor na sala de aula. Para a concretização do presente estudo realizamos uma pesquisa de abordagem qualitativa, analisando a aprendizagem e o desenvolvimento de crianças com Síndrome de Down em sala de aula comum. As crianças com Síndrome de Down são capazes de realizar as mesmas tarefas das demais crianças, e muitas vezes com a mesma capacidade de aprendizado, logo não devem ser privadas de nenhuma atividade corriqueira. Logo o texto realiza algumas reflexões sobre as estratégias de intervenção de uma criança Síndrome de Down, para promover a participação de todos: alunos, pais, educadores e cuidadores no cotidiano escolar. Só assim é possível estimular a aprendizagem delas de forma efetiva, bem como assegurar cidadania e inclusão social.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2015.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons